Hyundai Ioniq 5: modelo elétrico da marca coreana vem sendo bem aceito e recebendo prêmios mundo afora
Divulgação
Hyundai Ioniq 5: modelo elétrico da marca coreana vem sendo bem aceito e recebendo prêmios mundo afora

Visando aumentar sua capacidade produtiva de veículos elétricos para o mercado doméstico e global, a sul-coreana Hyundai irá construir uma nova fábrica exclusivamente para a produção de carros elétricos.

A nova fábrica será a sexta estrutura de produção que a Hyundai constrói na Coréia do Sul, e a primeira construída desde 1996. Segundo a agência de notícia Reuters, a confirmação da nova fábrica foi feita pelo sindicato de funcionários da Hyundai na Coréia do Sul.  

A Hyundai vem tendo números expressivos de venda com seus modelos elétricos e também a submarca Ioniq. Nos Estados Unidos o Ioniq 5 vendeu quase 14 mil unidades no primeiro semestre, enquanto na Europa, o Hyundai Kona elétrico vendeu 16.895 unidades.

Ainda não se sabe quais modelos serão produzidos na nova estrutura , já que o Ioniq 5 é produzido em Ulsan, na Coréia e também na Indonésia. É capaz que o primeiro modelo produzido na nova fábrica seja o Ioniq 7 , um SUV grande que a Hyundai ainda não anunciou oficialmente.

Ioniq 6 2023: trata-se do mais novo elétrico da marca coreana. O próximo será o SUV Ioniq 7
Divulgação
Ioniq 6 2023: trata-se do mais novo elétrico da marca coreana. O próximo será o SUV Ioniq 7

Essa não será a única fábrica exclusiva de veículos elétricos da Hyundai. Em maio a fabricante anunciou um investimento de US$ 5.5 bilhões no estado americano da Geórgia para criar uma fábrica também dedicada para carros elétricos e que terá a capacidade de construir 300 mil veículos por ano.

Na fábrica dos Estados Unidos, espera-se que também sejam produzidos os modelos da Kia , empresa também sul-coreana que pertence ao Grupo Hyundai .

Além disso, no mês de maio, o Grupo Hyundai também anunciou que faria um investimento de US$ 48.1 bilhões em sua operação no país natal.

O anúncio da nova fábrica vem após ameaças de greve por parte dos trabalhadores da Hyundai na Coréia do Sul, que pedem maiores salários e investimentos no país,  ainda segundo a Reuters.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários