Construído sobre base do Duster, utilitário será apresentado na Rússia até o fim do mês. Chega ao Brasil só em 2017.

Renault Kaptur, mostrado na Rússia. No Brasil, carro chega em 2017 e vai se chamar Captur
Divulgação
Renault Kaptur, mostrado na Rússia. No Brasil, carro chega em 2017 e vai se chamar Captur

A Renault divulgou uma imagem do Kaptur , SUV que será revelado por completo até o fim deste mês. Isso é muito importante, pois o Kaptur é a versão baixo-custo do Captur europeu e é o modelo que será vendido no Brasil em 2017, como a alternativa premium do Duster.

Em sua versão emergente, o Captur fica mais longo e é feito sobre a plataforma do Duster – o europeu utiliza uma base mais moderna, a mesma da quarta geração do Clio. Como mercados como Rússia e Brasil pedem por carros mais espaços, o carro foi alongado para aumentar o espaço interno e o porta-malas.

Há diferenças no design. O para-choque tem uma nova área para os faróis de neblina e com luzes de posicionamento em forma de C. A adoção do K no nome Kaptur serve para reforçar que o carro tem qualidade (Качество), conforto (Комфорт) e beleza (Красота).

O Captur deveria chegar ao Brasil ainda este ano, mas a programação mudou. O utilitário ainda vai aparecer no Salão do Automóvel, em São Paulo, no mês de novembro, para as vendas começarem só em 2017, com produção em São José dos Pinhais (PR). Até lá, a Renault vai focar no compacto Kwid , que chega da Índia para montagem local por CKD – quando o veículo é importado desmontado, para que as peças sejam unidas por aqui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.