Novo sistema chega ao Brasil no começo de 2017, obrigatório para todos os veículos novos

Novas placas para automóveis válidas para todo o Mercosul.
Divulgação
Novas placas para automóveis válidas para todo o Mercosul.

Todo carro zero quilômetro vendido no Brasil, a partir de 1º de janeiro de 2017, terá uma nova placa, adotando o novo sistema padronizado para todo o Mercosul. Nossos hermanos argentinos já começaram a utilizar o novo padrão e, a partir de 1º de abril, todo carro zero virá com essa identificação.

E o que muda? Simples. A identificação será feita com duas letras, três números e mais duas letras. Esse formato permite mais de 450 milhões de combinações. Para motocicletas, o sistema é o mesmo, mudando apenas a ordem para uma letra, três números, três letras.

Novo padrão de placas para motos para todo o Mercosul.
Divulgação
Novo padrão de placas para motos para todo o Mercosul.

Além disso, na parte superior da placa, há uma barra azul com o nome do país e sua bandeira, enquanto a identificação de cidade e estado ficará na lateral direita, inclusive com o brasão do estado. Por aqui, teremos também uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional com o nome do fabricante, data de fabricação do veículo e número serial da placa.

A mudança é obrigatória apenas para os veículos novos. Para carros antigos, a troca é opcional. A Argentina correu para adotar as novas identificações por um problema logístico: o sistema atual tinha apenas 17,5 milhões de combinações e, em junho de 2014, restavam apenas 2 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.