Ranking inclui apenas modelos produzidos em série, de qualquer categoria. Modelo recordista de preço beira os R$ 300 mil.

Foi-se o tempo em que os carros mais caros produzidos no Brasil eram apenas versões mais equipadas de modelos desfasados. Apesar da crise que afeta em cheio o setor automotivo no País, o que temos de mais especial fabricado em terras brasileiras é fruto de investimentos planejados quando o mercado estava em alta, há cerca de quatro anos. Por isso é que, bem no nada fácil 2016, é que começaram a sair de novas linhas de montagens SUVs de luxo como BMW X4, Land Rover Evoque , Mercedes-Benz GLA , entre outros.

 1- BMW X4 – R$ 299.950

BMW X4 é o carro mais caro produzido no Brasil atualmente
Divulgação/BMW
BMW X4 é o carro mais caro produzido no Brasil atualmente

 É na lista dos modelos que começaram a sair das novas fábricas inauguradas desde o início do ano que se encontram os carros mais caros fabricados atualmente no Brasil. O campeão de preço alto é o BMW X4 , que sai por R$ 299.950. Trata-se de um SUV com ares de cupê, o que pode parecer bem específico, principalmente em se tratando de mercado nacional, mas uma das explicações dadas pelo presidente e CEO da BMW do Brasil, Helder Boavida, é que a produção do carro nos EUA está no limite da capacidade e, com a produção local, terá como oferecer um volume maior, ou seja, de 30 para algo em torno de 45 unidades por mês.

LEIA MAIS: Veja os 10 carros pequenos mais baratos do Brasil

BMW X4 feito na unidade de produção em Araquari (SC) vem com motor 2.0, movido a gasolina, de 245 cv, que equipa a versão  xDrive28i XLine . Conta com câmbio automático de oito marchas e tração integral controlada eletronicamente. Entre os itens de série, vem com faróis com lâmpadas de xenônio, teto solar elétrico, sistema multimídia de última geração com GPS e pneus do tipo run flat, que podem rodar por até 80 quilômetros, mesmo furados, contanto que o velocímetro não passe dos 80 km/h.

2 - Range Rover Evoque– R$ 273.800

Land Rover Range Rover Evoque
Divulgação
Land Rover Range Rover Evoque

 Pois é, o nada discreto modelo de marca inglesa é feito no Brasil desde meados de junho ultimo. E a versão topo de linha HSE Dynamic , custa nada menos que R$ 273.800. O motor é 2.0, turbo, a gasolina, capaz de render 240 cv e 34,7 kgfm de torque a partir de 1.750 rpm, números suficientes para acelerar de 0 a 100 km/h em  apenas 7,6 segundos e atingir 217 km/h, de acordo com os dados da fabricante.

 Além do bom desempenho, o carro é grande em todos os aspectos. Tem 4,37 metros de comprimento, 1,96 m de largura e pesa 1.658 quilos, E no caso da versão HSE Dynami c, a tração 4x4 é controlada pelo sistema Active Driveline , que distribui o torque para as rodas de acordo a demanda. Além disso, o câmbio é automático, de nove marchas

3-  Mercedes-Benz GLA 250 Sport – R$ 214.900

Mercedes-Benz GLA
Carlos Guimarães/iG
Mercedes-Benz GLA

 A partir do início do mês passado a Mercedes-Benz começou a montar o GLA na nova fábrica em Iracemápolis (SP). O carro é o modelo mais vendido da marca no Brasil, com uma média de 275 vendidos por mês. A versão topo de linha GLA 250 Sport tem preço sugerido de R$ 214.900. Vem equipada com motor 2.0, turbo, de 211 cv, potência para acelerar de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos e atingir 235 km/h, de acordo com os números da fabricante. O câmbio é automatizado, de 7 marchas e a tração, dianteira.

LEIA MAIS:  Veja quais são os carros mais econômicos do Brasil que custam até R$ 45 mil

Segue o nível de sofisticação dos rivais e com alguns detalhes extras, como bancos com iluminação nos encostos de cabeça. Mas a fábrica onde o carro é fabricado, no interior paulista, trabalha atualmente com cerca de 25% da sua capacidade total de produção, de 25 mil veículos anuais.

4 - Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 turbodiesel – R$ 189.990

Chevrolet TrailBlazer
Divulgação/General Motors
Chevrolet TrailBlazer


 Único representante da lista das marcas mais tradicionais do mercado brasileiro, o SUV foi lançado em maio com retoques no desenho e um pouco mais sofisticado. Na versão topo de linha LTZ 2.8 turbodiesel tem sete bancos revestidos de couro, sistema multimídia com GPS e sistema de concierge OnStar,  LEDs no lugar de lâmpadas nos faróis e lanternas, partida remota pela chave, além de controle de tração e estabilidade, controle descida e assistente de partida em rampa.

Entre outras melhorias da linha 2017, o SUV recebeu algumas melhorias como vidros mais grossos para reduzir o nível de ruído na cabine e calibração específica para a suspensão. O motor  2.8 turbodiesel tem 200 cv e brutais 51 kgfm de torque. O câmbio é automático de seis marchas e a tração ,4x4. 

 5 – Audi Q3 Ambiente R$ 153.990

Audi Q3 1.4 TFSI
Divulgação
Audi Q3 1.4 TFSI

 Como disse a avaliação de iG Carros , o Q3 nacional tem o básico do luxo. Todas as versões já contam com   faróis com lâmpadas de xenônio, lanternas traseiras com LEDs, bancos revestidos de couro, sensores e acionam faróis e limpador de para-brisa automaticamente e rodas de aro 17 polegadas. Equipado com motor 1.4 turbo, a gasolina, de 150 cv e câmbio automatizado, de dupla embreagem, consegue aliar bom desempenho com baixo consumo. Conforme os dados do Inmetro, faz 9,5 km/l na cidade e 11 km/l na estrada.

LEIA MAIS:  Conheça os 5 carros automáticos mais baratos à venda no Brasil

O Q3 nacional também vem com direção com assistência elétrica e freios bem dimensionados e equalizados transmitem segurança em qualquer situação.  Bom também é que a suspensão é bem ajustada e consegue absorver as irregularidades do piso e manter boa estabilidade nas curvas.  De acordo com os números da  Audi, o carro faz de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e atinge 204 km/h.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.