Versão mais potente da perua vinha com motor de 182 cv e podia acelerar de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos

Uma das pautas que os leitores sempre pediam na Garagem era sobre o Fiat Marea Turbo. O modelo da marca italiana, lançado no final dos anos 90, inovou o mercado trazendo um motor de cinco cilindros e muita tecnologia. Na época foi um grande acontecimento. 

LEIA MAIS: Fiat Tipo Sedicivalvole: puro-sangue italiano marcou época no Brasil

A versão turbinada fez ainda mais sucesso. Logo de cara o Fiat Marea Turbo se tornou o carro mais rápido do Brasil, trazendo um belo conjunto que contava com radiador de óleo, intercooler e válvulas de escapamento refrigeradas a sódio. A turbina Garrett trabalhava com overboost e produzia um som característico durante as acelerações. 

Mas a Fiat errou feio no manual do proprietário e colocou a primeira troca de óleo a cada 20 mil quilômetros, algo complicado para qualquer tipo de motor. E então vieram os problemas, como formação de borra e superaquecimento, e a má fama, logo em seguida.

LEIA MAIS: VW Gol GTI: o primeiro carro nacional equipado com injeção eletrônica

Outra questão relevante foi a falta de preparo de alguns mecânicos para lidar com essa mecânica mais refinada. Na Europa o motor turbo equipava o Fiat Coupé Turbo, mas com 220 cv. Por aqui muitos profissionais não faziam idéia de como lidar com ele.

Colando no banco 

Fiat Marea Turbo: rara perua que vinha com o empolgante motor 2.0. de 182 cv com câmbio manual de cinco marchas
Renato Bellote/iG
Fiat Marea Turbo: rara perua que vinha com o empolgante motor 2.0. de 182 cv com câmbio manual de cinco marchas

Sob o capô o motor de cinco cilindros, 20 válvulas e turbo entrega 182 cv a 6.000 rpm. Nada mau. O torque dessa usina de força é de 27 kgfm e já disponível antes mesmo das 3.000 rpm. Rodas de 15 polegadas completam o visual.

Na primeira puxada já cola o corpo no banco e tem o ruído único da turbina girando rápido. Caso o motorista continue pisando fundo, os pneus destracionam sem dó e pedem mais asfalto. A aceleração de 0 a 100 é coberto em 7,9 segundos, com velocidade máxima de 227 km/h.

LEIA MAIS: Alfa Romeo 2.300: assista ao vídeo do sedã nacional com apelo esportivo

A espera valeu a pena. Por todos os detalhes apontados, bem como o desempenho que continua deixando muito sedã médio pra trás (todos de nosso mercado, aliás), o Fiat Marea Turbo merece um lugar de destaque entre os grandes esportivos nacionais. E nessa versão station, é ainda mais perfeito. Como diz um movimento na internet: salvem as peruas!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.