Tamanho do texto

Modelo é oferecido em três versões, com preços que partem de R$ 66.490 e que chegam a R$ 80.890 no caso do topo de linha Titanium Plus

Ford Fiesta Sedan: volta com mais força ao mercado com central multimídia mais moderna entre os itens disponíveis
Divulgação
Ford Fiesta Sedan: volta com mais força ao mercado com central multimídia mais moderna entre os itens disponíveis

O Ford Fiesta Sedan passa a ser oferecido com o novo sistema multimídia Sync 3 a partir da versão Titanium (R$ 78.690), cuja lista de equipamentos inclui vários itens, como chave com sensor de presença para acesso inteligente e partida sem chave (Ford Power), acendimento automático dos faróis, controle automático de velocidade, sensor de chuva e espelho retrovisor eletrocrômico.

LEIA MAIS: Ford Fiesta renovado chega neste ano sem mudanças no conjunto mecânico

Mas o principal destaque do Ford Fiesta Sedan 2017 é o multimídia com tela de 6,5 polegadas, sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple Car-Play. Entre outros recursos, conta com comandos por voz, ou direto na tela. Além disso, vem com conexão Bluetooth e funciona som Sony Premium e oito alto-falantes. Assim como em outros modelos de outras fabricantes, outro ponto interessante é a possibilidade de projetar o Waze na tela no painel e ter como acessar mapas salvos na memória interna.

No interior do Fiesta Sedan, a novidade é a central multimídia Sync 3, disponível a partir da versão Titanium
Divulgação
No interior do Fiesta Sedan, a novidade é a central multimídia Sync 3, disponível a partir da versão Titanium

Depois da versão Titanium vem a Titanium Plus (R$ 80.890), que acrescenta teto solar elétrico à longa lista de equipamentos que conta ainda com banco e volante revestidos de couro, rodas de aro 16 com pneus 195/50R 16, cromada e luz ambiente com personalização em sete cores.

LEIA MAIS: Ford Fiesta EcoBoost encara VW Golf TSI: hatches 1.0 turbo brigam por eficiência

 Sem o Sync 3, a versão mais em conta do Fiesta Sedan é a SEL (R$ 66.490 com câmbio manual e R$ 72.290 com o Powershift), que traz como novidade as rodas de liga leve de 15” com pneus 195/55 R15. Fora isso, o carro tem entre os principais equipamentos ar-condicionado digital, direção elétrica, travas, vidros e retrovisores elétricos, alarme volumétrico, sensor de ré, controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac), assistente de partida em rampa, computador de bordo e faróis de neblina.

E o Fiesta hatch?

Em todas as versões do Fiesta Sedan o motor é o 1.6 Sigma Flex, de 128 cv, que de acordo com o que apurou a reportagem de iG Carros vai continuar equipando a versão hatch do Fiesta, prestes a ser renovada. Nossa fonte nos disse que “ainda não é o momento” de adotar o novo motor 1.5, de três cilindros e 137 cv, que passou a equipar o EcoSport 2018. Inclusive, as mudanças no Fiesta hatch serão bem sutis. Apenas retoques na frente e a disponibilidade do sistema Sync 3, assim como acaba de acontecer com o sedã.

LEIA MAIS: Ford começa a produzir nova geração do Fiesta na Alemanha

As mudanças discretas no Ford Fiesta hatch, fabricado em São Bernardo do Campo (SP), chegarão como uma forma de dar algum apelo ao modelo com a chegada de novos concorrentes ao mercado. Depois do Fiat Argo, em novembro, começa a ser vendida a nova geração do Volkswagen Polo. Além disso, não deve demorar muito a chegada do novo Nissan March, com o mesmo estilo adotado no SUV Kicks. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.