Tamanho do texto

Esportivos icônicos como 356 Coupé, 914 e 911 Carrera RS marcam o evento

Porsche 70 anos: o icônico 356 bem no centro dos demais modelos da marca alemã, conhecida por seus esportivos
Divulgação
Porsche 70 anos: o icônico 356 bem no centro dos demais modelos da marca alemã, conhecida por seus esportivos

A Porsche comemora 70 anos de atividade ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Um evento realizado na Oca do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, reuniu dezenas de modelos históricos no último sábado (9), contando com ícones como o Porsche 356 Coupé de 1957, 914/6 de 1970, e um 911 Carrera RS de 1973. Além deles, os modernos Carrera GT, 918 Spyder e 911 Turbo S Exclusive Series também foram expostos. O evento teve entrada gratuita, e durou apenas dois dias.

LEIA MAIS: Porsche Panamera E-Hybrid não dá a mínima pro consumo de combustível

Segundo Andreas Marquardt, diretor da Porsche no Brasil, o público brasileiro é apaixonado pela marca. O executivo comentou sobre a exposição nas semanas que a antecederam. “Apresentar uma exposição da marca aqui é extremamente gratificante. Teremos belos carros expostos e, certamente, todos que puderem comparecer farão uma imersão no desenvolvimento da Porsche”, disse ele. ““Queremos presentear os fãs brasileiros com uma experiência que reflete a esportividade na forma de arte. Nosso desejo é proporcionar algo exclusivo e impactante para os clientes e fãs da marca”.

LEIA MAIS: Porsche Cayenne híbrido faz 17,1 km/l na cidade. Veja a avaliação

O Brasil não foi o único país que celebrou o aniversário da Porsche em 2018. O Salão de Toronto (Canadá), por exemplo, também reuniu clássicos e lançamentos da marca alemã. Em Stuttgart, a base da marca na Alemanha, uma mostra celebrou os 70 anos do Porsche 356 Roadster.

Um novo capítulo

Porsche 356 Roadster (esquerda) e o novo Taycan.  Os dois extremos cronológicos em uma só foto
Divulgação
Porsche 356 Roadster (esquerda) e o novo Taycan. Os dois extremos cronológicos em uma só foto

Tanto no Brasil quanto no resto do mundo, a Porsche se prepara para uma nova etapa: a eletrificação. E nós tivemos a oportunidade de dirigir os dois primeiros passos da marca por aqui. Os novos Cayenne e Panamera híbridos são os carros mais econômicos vendidos no Brasil, capazes de aferir até 18 km/l na cidade.

Eles prevêem o lançamento totalmente elétrico que a Porsche está planejando para 2020, o Mission E, que acaba de ter o nome definitivo revelado: Taycan.. Apresentado pela primeira vez no Salão de Frankfurt (Alemanha) em 2015, o elétrico conta com dois motores, que utilizam ímãs permanentes, semelhantes aos do 919 Hybrid que venceu as 24 Horas de Le Mans. Enquanto um impulsiona as rodas traseiras, o outro aciona as rodas dianteiras. Juntos, geram mais de 600 cv de potência, permitindo que o esportivo vá de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, chegando aos 200 km/h em menos de doze segundos.

LEIA MAIS: Renault Sandero 1.6 mostra toda a sua eficiência no dia a dia

Os motores elétricos da Porsche trabalham em sincronia e recarregam as baterias com energia proveniente da cinética. O trunfo da tecnologia dos imãs permanentes está no fato de que não produzem muito calor em seu funcionamento, o que exclui a necessidade de longas pausas para o sistema resfriar e, também, contribui para uma melhor autonomia, tanto que é capaz de percorrer 500 quilômetros com uma carga e bastam somente 15 minutos na tomada para mais 400 quilômetros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.