Tamanho do texto

Roadster pode acelerar de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e atingir mais de 300 km/h. Veja fotos e assista ao vídeo da novidade

Ferrari  Monza SP1 tem estilo retrô, mas alta tecnologia e desempenho de tirar o fôlego, diz a fabricante
Divulgação
Ferrari Monza SP1 tem estilo retrô, mas alta tecnologia e desempenho de tirar o fôlego, diz a fabricante

A Ferrari revela uma nova dupla de supercarros: os Monzas SP1 e o SP2. Ambos vêm com o motor V12 mais potente feito pela marca italiana até hoje (de 810 cv) mas com estilo inspirado nos carros de corrida dos anos 50, como o lendário 166MM. De acordo com a fabricante, a Ferrari Monza faz parte dos novos modelos da nova linha Icona.

LEIA MAIS: Ferrari mostra supercarro FXX-K Evo, com mais de 1.000 cavalos de potência

No caso da Ferrari Monza SP1, a fabricante diz que o carro é um monoposto para se ter “uma experiência única ao volante”. De fato, já pelo visual inusitado e com uma boa dose de arrojo, não há como duvidar disso. Na frente, chamam atenção detalhes como a larga grade dianteira, o defletor de ar protuberante e a ausência de para-brisa. Além disso, há uma barra de LED bem na frente dos faróis.

As portas são abertas para cima e o cockpit lembra o de um carro de corrida , com a diferença de ter alguns comandos do lado esquerdo que se dividem em botões giratórios e teclas. O volante é bem parecido com o de outros modelos de Ferrari, como a 488 GTB. Destaque também fica por conta dos vários componentes de fibra de carbono, material leve e resistente bastante usado na Fórmula 1.

LEIA MAIS: Ferrari Daytona raríssima é encontrada no Japão, depois de 40 anos

Já o Monza SP2 tem lugar para dois. E a Ferrari diz que desenvolveu um para-brisa virtual cuja tecnologia permite desviar uma quantidade suficiente de ar para conseguir pilotar o carro com conforto. Mais detalhes sobre esse invento patenteado, e que nunca ainda tinha havia sido mostrado antes, deverão ser divulgados mais adiante.

Por enquanto, a Ferrari revelou apenas algumas informações sobre o motor e o desempenho da nova dupla de superesportivos. Disse que o V12 é o mais potente feito em Maranello . Tem 6.5 litros de ciindrada, 810 cv e 73,4 kgfm de torque, números para acelerar de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos, ou esticar até 200 km/h em 7,9 s. Também foi dito que a velocidade máxima fica um pouco acima de 300 km/h.

Novos planos da Ferrari

Ferrari  Monza SP2 pode levar duas pessoas e tem para-brisa virtual, que segura parte da ventania no rosto
Divulgação
Ferrari Monza SP2 pode levar duas pessoas e tem para-brisa virtual, que segura parte da ventania no rosto

 Além dos dois roadsters de estilo nostálgico, a Ferrari divulgou algumas novidades que serão apresentadas nos próximos cinco anos. De acordo com a fabricante, serão lançados 15 modelos até 2022, o que inclui um supercarro para substituir a LaFerrari e (para desespero dos puristas) um SUV, o Purosangue.

Outra notícia importante é que a Ferrari também vai entrar na onda de sustentabilidade ao garantir que 60% dos seus modelos serão híbridos, até 2022. Como parte desse plano, haverá uma nova linha de motores V6, turbo com uma série de novidades.

LEIA MAIS: Última LaFerrari Aperta sai pelo equivalente a R$ 30,7 millhões e bate recorde

Entre o que pode ser esperado do futuro dos esportivos da Ferrari estão itens como interior com volante e painel de instrumentos diferentes do que se conhece até agora e um sistema multimídia com fono na conectividade. E como prova de que nenhuma fabricante estará livre das novas tendências que têm aparecido, como a condução semiautônoma, que utilizará inteligência artificial. Assista abaixo ao vídeo da apresentação da Ferrari Monza

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.