Tamanho do texto

Nova geração do pequeno SUV está confirmada para chegar ao Brasil, já no ano que vem. Será vendido junto com a antiga geração do modelo

Suzuki Jimny de nova geração representa duas décadas de atualização, já que o
Divulgação
Suzuki Jimny de nova geração representa duas décadas de atualização, já que o "irmão" mais velho vende desde os naos 90

O novo Suzuki jimny começa a ser vendido na Europa pelo equivalente a R$ 87 mil. Trata-se de um projeto totalmente novo, que está confirmado para chegar ao Brasil no ano que vem e irá conviver com a geração atual, produzida em Catalão (GO). Terá duas configurações: a convencional e a Sierra. O novo desenho manteve o estilo retrô do jipinho da marca japonesa, com detalhes como para-choques e grade dianteira com pintura preta brilhante, faróis circulares e estepe preso à tampa traseira. No caso do Sierra, as diferenças ficam por conta dos para-choques, proteções nos arcos dos para-lamas e laterais, além de pneus mais borrachudos, montados em rodas de cinco raios.

LEIA MAIS: Suzuki Jimny: para quem curte uma trilha com certo estilo

O interior do novo Suzuki Jimny também foi modernizado, com direito até a uma central multimídia sensível ao toque
Divulgação
O interior do novo Suzuki Jimny também foi modernizado, com direito até a uma central multimídia sensível ao toque

O Suzuki Jimny na Europa traz, inclusive, sistema multimídia com Bluetooth, conectividade com celulares, frenagem autônoma de emergência, motor 1.5, aspirado, de 102 cv e câmbio automático, que custa  R$ 5.700 numa conversão simples.  Além disso, o carro poderá ser comprado nas seguintes cores, com combinação da capota preta: Amarelo Kinetic e Azul Metálico Brisk. Há também opções monocromáticas: Verde Jungle, Preto Bluish Pearl, Cinza Medium, Prata Metálico Silky e Branco Superior. Haverá também como escolher pela cor amarela com preto tanto no capô quanto na capota.

LEIA MAIS: Suzuki Jimny ganha nova série limitada Desert, com alguns itens exclusivos

Versões do novo Suzuki Jimny

Novo Suzuki Jimny preserva a identidade histórica e segue com ares de robustez, mas com uma pitada de modernidade
Divulgação
Novo Suzuki Jimny preserva a identidade histórica e segue com ares de robustez, mas com uma pitada de modernidade

O novo off-road estará disponível nas versões XC, XL e XG, esta última com duplo airbag, air bags de cortina e laterais, faróis auxiliares de neblina, ar-condicionado, rodas de aro 16 e dois alto-falantes entre os itens de série. No XL haverá outros itens, entre os quais partida por botão e vidros escurecidos. E o topo de linha XC terá faróis e lanternas com LED no lugar de lâmpadas, controlador de velocidade de cruzeiro (“piloto automático”), entre outros equipamentos.

LEIA MAIS: Carros 4x4: Os 5 modelos mais baratos do Brasil

O Jimny Sierra será vendido nas versões JC e JL, que contará, entre os itens de série, com ar-condicionado digital, vidros escurecidos e rodas de aço de aro 15. E na JC, a marca vai instalar lavadores nos faróis de LED e rodas de alumínio. A versão convencional do jipe será equipada com motor de 660 cc de cilindrada que funciona com câmbio manual de cinco marchas, ou automático de quatro. A tração será 4x4, com opção de selecionar a 4x2.

LEIA MAIS: Suzuki Vitara 4Sport 1.4 Turbo: SUV com espírito esportivo

E o Suzuki Jimny Sierra virá com motor 1.5, com o mesmo sistema de transmissão do convencional, ou seja, com câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro. Por fim, a suspensão traseira continuará tendo eixo rígido e que a tração 4x4 contará com opção de reduzida para ser usado em trilhas ou trechos que exigem mais força. Quanto à sua vinda para o Brasil, devemos aguardar mais detalhes sobre as configurações que serão oferecidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.