Tamanho do texto

A maior redução de preço da picape média foi de 17%, ou R$ 25.400, na versão XLS automática. No geral, ficou cerca de 6% mais em conta

Ford Ranger busca maior competitividade não só no seu segmento, como também no abaixo, que abriga o Fiat toro
Divulgação
Ford Ranger busca maior competitividade não só no seu segmento, como também no abaixo, que abriga o Fiat toro

Ao contrário do que acontece na maioria dos casos, os preços do Ford Ranger reduziram com a chegada da nova linha 2019. A média girou em torno de uma queda de 6% em relação aos valores anteriores, chegando até R$ 25.400 (17%) na versão XLS Diesel 4x2 com câmbio automático. Além disso, por não se tratar de uma promoção, ainda dá para encontrar preços menores nas concessionárias.

LEIA MAIS: Chevrolet S10 2019 chega com mais segurança para todas as versões

Segundo Fabrizzia Borsari, gerente de produto da Ford: “Com esse novo posicionamento, o Ford Ranger vai atrair clientes de outros segmentos que sempre desejaram ter uma picape média diesel, mas acabavam optando por um modelo menor ou flex da mesma faixa de preço”.

LEIA MAIS: Ford Ranger com motor flex aposta em pacote completo para voltar à liderança

Ford Ranger reforça competitividade

A redução pode ser explicada por dois fatores. O primeiro, a ameaça da VW Amarok e o distanciamento de Chevrolet S10 e Toyota Hilux no ranking de vendas entre as picapes médias. Outro é a possível chegada da reestilização, aplicada nos Estados Unidos e confirmada para a Argentina — local que produz a Ranger do mercado brasileiro.

LEIA MAIS: Ford Ranger reestilizada é vista sem nenhuma camuflagem na Tailândia

A linha tem como modelo de entrada a Ranger 2.5 Flex XLS, que passou a custar R$ 109.390 (anteriormente vendida por R$ 110.790). Já a topo 3.2 Diesel Limited, de 200 cv e 47 kgfm, sai por R$ 188.990 (antes R$ 192.570). Esta versão traz câmbio automático, direção elétrica, tração 4x4 com diferencial traseiro blocante eletrônico, central multimídia SYNC 3 com navegação, piloto automático adaptativo, sistema de permanência em faixa, farol alto automático, alerta de colisão, bancos de couro e rodas de liga leve aro 18, entre outros itens.

LEIA MAIS: Fiat lança nova versão topo de linha Ranch da picape Toro

Com margem para explorar o mercado da rival menor, a Fiat Toro, o Ranger deve roubar alguns de seus clientes através do preço. Isso porque o Toro parte, para as versões 1.8 flex, de R$ 90.990 (Endurance) e R$ 102.990 (Freedom), enquanto as 2.4 flex partem de R$ 115.690 (Volcano) e R$ 117.490 (Blackjack).

LEIA MAIS: Veja 5 motivos para comprar a Volkswagen Amarok V6 e não Hilux SRX

No ranking de vendas da Fenabrave de setembro, o Ranger aparece como a 4ª picape média mais vendida no país, atrás da líder Toyota Hilux , Volkswagen Amarok e Chevrolet S10.
O modelo emplacou 2.145 unidades no último mês e sofreu com a guinada da Amarok, que passou dos 1.720 exemplares emplacados em agosto para 2.505 em outubro.

As líderes Hilux e S10 tiveram ligeiras quedas, mas sem alteração de posição no ranking. Já o Fiat Toro, fechou o mesmo mês com 4.575 unidades e em segundo lugar do ranking geral de picapes, atrás apenas da "irmã" menor Strada.

LEIA MAIS: Ford Ranger ganha versão Raptor, mais esportiva e off-road

Veja abaixo a lista completa dos preços novos (e como eram na tabela anterior) .

2.5 Flex XLS manual: R$ 109.390 (R$ 110.790)
2.5 Flex XLT manual: R$ 120.390 (R$ 121.490)
2.5 Flex Limited manual: R$ 127.390 (R$ 128.730)
2.2 Diesel XL Chassis: R$ 118.490 (R$ 124.200)
2.2 Diesel XL Cabine Simples: R$ 123.490 (R$ 129.300)
2.2 Diesel XL Cabine Dupla: R$ 130.490 (R$ 139.590)
2.2 Diesel XLS 4x2 automática: R$ 126.490 (R$ 151.890)
2.2 Diesel XLS 4x4 manual: R$ 145.490 (R$ 157.460)
2.2 Diesel XLS 4x4 automática: R$ 152.490 (R$ 164.650)
3.2 Diesel XLT 4x4 automática: R$ 173.990 (R$ 183.490)
3.2 Diesel Limited 4x4 automática: R$ 188.990 (R$ 192.570)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.