Tamanho do texto

Visual recebe mudanças discretas, com pitadas retrôs. Mas o esportivo ficou mais sofisticado e veloz. Chega no início de 2019 ao Brasil

Porsche 911 da linha 2020 fica ainda mais estável nas curvas com bitolas mais largas entre as mudanças
Divulgação
Porsche 911 da linha 2020 fica ainda mais estável nas curvas com bitolas mais largas entre as mudanças

A oitava geração do Porsche 911 é apresentada oficialmente no Salão de Los Angeles (EUA). O esportivo da linha 2020 completa 55 anos em produção com o código 992 e discretas mudanças no desenho. Entre as novidades, estão os novos faróis, entradas de ar redesenhadas e lanternas traseiras de LED com um filete que percorre quase toda a largura do carro, como será no esportivo elétrico Mission E. 

LEIA MAIS: Porsche celebra 70 anos de mercado e fala sobre o futuro de seus carros

O capô também é novo, bem como os para-choques, cujos detalhes variam de acordo com cada versão do Porsche 911 . Além disso, as bitolas um pouco mais largas vão garantir ainda mais estabilidade nas curvas. De resto, o carro continua com a mesma aura de sempre, que inclui para-lamas musculosos, largas rodas e o perfil curvado que se tornou uma marca registrada do esportivo alemão. 

Por dentro, as novidades começam com o novo cluster  , que inclui contagiros cujo grafismo lembra o adotado nos primeiros 911 dos anos 60. Há também uma manopla de câmbio com aspecto mais moderno e sistema multimídia com tela de 10,9 polegadas. Outros novos detalhes do cupê esportivo ficam por conta da distância entre-eixos 45mm maior e uma nova inclinação do painel, tomando como base a posição das versões da década de 70. 


Novo fôlego ao Porsche 911

Porsche 911 passa a ter tela de 10,2 polegadas na central multimídia e grafismo do contagiros de estilo retrô
Divulgação
Porsche 911 passa a ter tela de 10,2 polegadas na central multimídia e grafismo do contagiros de estilo retrô

 Os motores do 911 receberam uma série de aperfeiçoamentos. Um deles são os coletores de escape de alumínio forjado. No caso da versão 3.0, a potência aumentou dos 370 cv para 385 cv, enquanto no Carrera S agora tem 450 cv ante 420 cv anteriormente. Este último é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos, tempo que diminui para 3,6 s no Carrera 4S. As máximas também aumentaram para 308 km/h no Carrera S e 306 km/h nas versões com tração integral.

LEIA MAIS: Porsche revela o novo 911 GT3 RS, ainda mais acertado para desempenho

No sistema de transmissão, as versões Carrera e Carrera S vêm com câmbio manual, de sete marchas, como item de série. Como opcional, a Porsche oferece uma caixa de oito marchas, de dupla embreagem, feita pela ZF e que substitui a de sete da geração anterior.

Bom também é o novo modo de condução para dirigir em piso molhado. Com isso, sensores nas rodas detectam o volume de água na estrada e ajudam a preparar o controle eletrônico de estabilidade e os freios da melhor maneira possível. 

LEIA MAIS: Porsche 718 Boxster S: pura diversão. Avaliamos o pequeno conversível

Além disso, câmera de visão noturna é oferecida pela primeira vez no Porsche 911, que também pode vir outros itens como controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e alerta de colisão iminente. Assista abaixo ao vídeo oficial de lançamento.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.