Tamanho do texto

Novidade estará disponível nos Estados Unidos, a partir de 2022, em todos os modelos da marca norte-americana

Ford mostra como funciona a tecnologia C-V2X na CES 2019, em Las Vegas (EUA).  Marca usará sistema a partir de 2022
Divulgação
Ford mostra como funciona a tecnologia C-V2X na CES 2019, em Las Vegas (EUA). Marca usará sistema a partir de 2022

A Ford anuncia na CES 2019 que vai oferecer nos Estados Unidos, a partir de 2022, a tecnologia conhecida como C-V2X, que permite aos veículos “ouvir” e “conversar” uns com os outros, com os pedestres e com a infraestrutura de trânsito para transmitir informações de segurança e ajudar a criar um sistema de transporte inteligente e conectado.

LEIA MAIS: Ford tem novas tecnologias na CES e mostra carros autônomos e elétricos

De acordo com a Ford, a tecnologia C-V2X foi planejada para funcionar com conexão 5G, que torna possível a comunicação direta e rápida entre os dispositivos conectados por não precisar alcançar uma torre de transmissão. Outra vantagem é que a nova tecnologia complementa outros sistemas de assistência ao motorista, como sensores de radar e câmera.

O diretor executivo de Veículos Conectados da Ford, Don Butler, explica que com a tecnologia C-V2X será mais fácil a comunicação entre os veículos, que poderão negociar a preferência em cruzamentos, por exemplo. Ou informar a ocorrência de acidentes e e um pedestre na pista com telefone celular pode ser localizado pelos veículos, mesmo se estiver fora do campo de visão.

LEIA MAIS: Marca chinesa mostra protótipo com tela no volante como novidades da CES 

Ainda de acordo com Butler, a nova tecnologia C-V2X ajudará a trazer carros mais inteligentes em um mundo cada vez mais conectado e que exige serviços sob demanda. Por meio de um chip avançado de computador, o veículo compartilha seus dados em tempo real e recebe informações que permitem “ver” nas curvas e identificar objetos que estão fora do alcance dos seus sensores e câmeras.

Tecnologia C-V2X e Ford na CES 2019

Entre as novidades mostradas no estande da Ford na CES 2019 estão os carros com tecnologia C-V2X
Divulgação
Entre as novidades mostradas no estande da Ford na CES 2019 estão os carros com tecnologia C-V2X

A Ford também explicou, na CES 2019 , que os carros autônomos podem funcionar sem a tecnologia C-V2X, mas ela tem como ajudar a tornar o sistema autônomo mais eficiente. Veículos de emergência equipados com transmissores C-V2X, por exemplo, poderão avisar os carros autônomos à frente para abrir caminho, estacionando ou mudando de rota. Entretanto, é preciso que esse novo ambiente tecnológico precise ser regulamentado. E que a tecnologia C-V2X se torne cada vez mais comum 

Para expandir o ecossistema de mobilidade, como a Autonomic, que trabalha com várias empresas, como a rideOS, criadora de tecnologias de transporte e mapeamento que fornecem estimativas de viagem precisas. Com essa integração, as solicitações de carona podem ser facilmente combinadas tanto com veículos dirigidos por motoristas como com os futuros veículos autônomos para sugerir a melhor forma de chegar a um destino.

LEIA MAIS: Hyundai apresentará veículo de resgate conceitual no CES 2019

No final do ano, a Autonomic também vai disponibilizar o kit de desenvolvimento da Nuvem de Mobilidade do Transporte para desenvolvedores que quiserem criar novos aplicativos e serviços com essa plataforma. Ao mesmo, o time City Solutions da Ford trabalha com governos e comunidades para definir como as novas soluções de mobilidade podem ser implementadas em conjunto com a tecnologia C-V2X.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.