Tamanho do texto

Lista inclui dois modelos de marcas chinesas, que voltam a investir no País. Ambos acabam de chegar às lojas. GM, Toyota e VW completam a lista

As vendas de SUVs ainda crescem no Brasil e as fabricantes continuam apostando no segmento. De acordo com dados da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), hoje em dia, a participação do segmento é de significativos 24,3%. Portanto, não é à toa que não apenas modelos compactos, mas também SUVs médios estejam para chegar ao País.

LEIA MAIS: Jeep Renegade é o SUV mais vendido do mês. Confira a lista completa

 Entre as novidades, teremos dois modelos acima dos compactos de fabricantes chinesas. Um deles é o Chery Tiggo 7, que já está sendo fabricado em Anápolis (GO) e a caminho das lojas. Outro modelo entre os SUVs médios de marca da China é o JAC T80, com sete lugares e uma gama interessante de equipamentos de série.

1 - Chevrolet Blazer

Chevrolet Blazer está entre os SUVs médios com desenho arrojado. Tem boas chances de ser vendido no Brasil
Divulgação
Chevrolet Blazer está entre os SUVs médios com desenho arrojado. Tem boas chances de ser vendido no Brasil

 Chegou a hora da GM começar a oferecer mais SUVs no Brasil. E a nova geração do Blazer ganha chances de ser lançada no País, por ser feita no México, país de onde deixará de vir o Tracker, que passará a ser nacional. Com isso, abre-se espaço na cota trazida livre de imposto de importação.

O carro é visto como o SUV do Camaro, não apenas por causa da cara de mau. Basta bater os olhos para ficar claro o arrojo das linhas do novo modelo da GM. Dê uma olhada na enorme grade frontal, pintada de preto brilhante, bem como nos estreitos faróis com LED no lugar de lâmpadas, ou no capô abaulado, que inspira robustez. 

Além do belo desenho, o novo Chevrolet Blazer conta com uma boa dose de versatilidade, com bancos deslizantes e que podem ser dobrados. Com isso, consegue-se aumentar a capacidade do portaa-malas e o espaço para quem vai sentado no banco traseiro.

Bom também é é o sistema de trilhos e a grade que ajuda a dividir a área do porta-malas e a segurar a bagagem, deixando-a segura para não correr o risco de se mover com o carro em movimento, o que não deixa de uma medida de segurança.

LEIA MAIS:  Fiat confirma novo SUV nacional para 2021. Saiba mais detalhes da novidade

No conjunto mecânico, o carro pode vir com motor 2.5, de quatro cilindros, turbo, que gera 193 cv e 26 kgfm de torque. E há também o V6 3.6 de 305 cv e 37,2 kgfm, ambos com sistema start-stop e câmbio automático de nove marchas.

2 - Toyota RAV4

Toyota RAV4 faz parte da lista dos SUVs médios que estão para chegar ao Brasil. Estreia no segundo semestre
Divulgação
Toyota RAV4 faz parte da lista dos SUVs médios que estão para chegar ao Brasil. Estreia no segundo semestre

 A Toyota já confirmou que vai começar a vender a nova geração do SUV no Brasil a partir do segundo semestre. Desta vez, o carro chegará com a nova plataforma  TNGA, a mesma usada pelo híbrido Prius, o sedã Camry e pela nova geração do sedã  Corolla.

As linhas do novo Toyota RAV4 chamam atenção por detalhes como a grade dianteira hexagonal da picape Tacoma, vendida nos Estados Unidos, que confere ares robustos ao SUV. Já a traseira, vem com linhas bem características dos japoneses desse segmento.

Por dentro, um dos destaques fica por conta da central multimídia no topo do painel e o quadro de instrumentos com tela de TFT ao centro, tanto para mostrar informações do computador de bordo, quanto dos sistemas de segurança que o equipam.

Além disso, tem oito airbags, detector de pedestres, alerta de mudança de faixa, farol alto automático, piloto automático adaptativo e leitor de placas. Maior, o SUV teve a distância entre-eixos alargada em 3 cm, somando um total de 2,69 m. Com 4,59 m de comprimento, o RAV4 ficou 1 cm mais curto.

O motor é 2.5, acoplado ao câmbio automático de 8 marchas, que substitui o antigo de seis. Na versão híbrida, este mesmo motor é combinado ao motor elétrico e ao câmbio automático CVT. 

3 - Chery Tiggo 7

Chery Tiggo 7 é um dos SUVs médios de marca chinesa que acaba de chegar às lojas do Brasil
Newspress
Chery Tiggo 7 é um dos SUVs médios de marca chinesa que acaba de chegar às lojas do Brasil

 A Caoa Chery mostra do SUV médio Tiggo 7 para a imprensa durante esta semana, em São Paulo. O carro começa  chegar às lojas com itens como airbags laterais, suspensão McPherson na dianteira e multilink na traseira. Os freios serão a disco ventilado na dianteira e discos sólidos, na traseira

Ao entrar no Chery Tiggo 7 chama atenção itens  ar-condicionado digital de duas zonas com saídas para o banco traseiro, teto panorâmico com abertura elétrica, câmeras com visão 360 graus e quadro de instrumentos com mostrador digital. O novo SUV da marca chinesa tem 4,50 metros de comprimento por 2,67 m de entre-eixos, 1,84 m de largura e 1,67 m de altura. No porta-malas vão 414 litros.

LEIA MAIS: Confira 5 SUVs compactos com os custos de seguro mais em conta hoje em dia

O Tiggo 7 chega com motor 1.5 turbo flex, de 150 cv e 21,4 kgfm de torque que funciona em conjunto com câmbio automatizado, de dupla embreagem, de seis marchas.

4 - JAC T80

JAC T80 será o modelo topo de linha da marca no Brasil e entra na disputa entre os SUVs médios
Divulgação
JAC T80 será o modelo topo de linha da marca no Brasil e entra na disputa entre os SUVs médios

 Outro SUV de marca chinesa que começa a ser vendido no Brasil é o JAC T80, com preço sugerido de R$ 139.990. Trata-se do modelo topo de linha da marca no Brasil, com sete lugares, vários equipamentos vindos de fábrica e tamnho para enfrentar rivais como VW Tiguan AllSpace e Peugeot 5008. São 4,79 metros de comprimento, 1,9 m de largura, 1,76 m de altura e 2,75 m de entre-eixos.

Na lista de itens de série estão incluídos 10 alto-falantes do sistema de som Infinity, cluster com  tela de LCD de 12,3 polegadas e uma central multimídia de 10 polegadas no console, cluster totalmente configurável, controle de estabilidade, 6 airbags, entre outros. O motor 2.0 turbo, de 210 cv, câmbio de dupla embreagem com 6 marchas.  

LEIA MAIS: Relembre 5 SUVs que não deram certo no mercado brasileiro

Além disso, por dentro, no largo console central, com acabamento que imita fibra de carbono, estarão comandos do sistema de ar-condicionado, bem como o botão do freio de estacionamento eletrônico, porta-copos e apoio de braço. A tela da central multimídia fica embutida no painel e o volante multifuncional, de três raios, vem com a parte central revestida de couro perfurado.

5 - Volkswagen Tarek

VW Tarek é conhecido como Tharu, na China, onde briga por uma posição de destaque entre os SUVs médios
Divulgação
VW Tarek é conhecido como Tharu, na China, onde briga por uma posição de destaque entre os SUVs médios


Mesmo com a forte crise que atinge a Argentina, está confirmado que o SUV médio Tarek será fabricado no país vizinho e chegará ao Brasil no ano que vem. Ficará acima do compacto T-Cross, que começa a chegar às lojas no início de abril.  

Por enquanto, sabe-se apenas que o novo SUV médio da VW poderá ser vendido com motores 1.4 ou 2.0, ambos turbinados. O primeiro vai funcionar com câmbio automático de seis marchas e o outro com automatizado, com dupla embreagem e sete marchas. Também é certo que o carro poderá ser equipado com tração 4x4 como opcional.

LEIA MAIS: Confira os 5 melhores SUVs de até R$ 150 mil que experimentamos

O Tarek terá interior bem parecido com o do sedã Jetta. Vai poder vir com cluster digital e configurável, sistema multimídia com tela sensível ao toque e seletor giratório do sistema de tração, que funciona de acordo com cada tipo de piso. Ainda não foram divulgados os preços, mas estima-se que o novo integrante do grupo dos SUVs médios irá custar entre R$ 110 e R$ 140 mil.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas