Além do SMV, o Salão de Xangai 2019 também contou com a apresentação de um novo conceito elétrico
Divulgação
Além do SMV, o Salão de Xangai 2019 também contou com a apresentação de um novo conceito elétrico

A Volkswagen propôs uma verdadeira invasão de SUVs no Salão de Xangai 2019 (China). Além do I.D. Roomzz que prevê o novo utilitário da família de veículos elétricos, tivemos a apresentação do conceito SMV, que ofereceu um gostinho sobre como será o maior SUV já fabricado pela Volkswagen.

LEIA MAIS: Nissan Versa da nova geração é revelado, e poderá chegar ao Brasil em 2020

O projeto foi realizado em conjunto com a FAW, uma das joint-ventures da marca alemã na China. Apesar de ser apenas um conceito, o utilitário está pronto para se tornar um veículo de produção, mirando famílias chinesas. Com sete lugares, o SMV do Salão de Xangai 2019 é maior que o Atlas (vendido como Teramont na China), sendo feito sob a mesma plataforma MQB que equipa boa parte dos novos produtos da Volkswagen.

Ao menos no mercado chinês, o SMV teria os mesmos motores do Teramont. Ou seja, o 2.0 TSI e 2.5 VR6.A Volkswagen não liberou imagens do interior do novo SUV, mas pelos 5,1 metros de comprimento, podemos imaginar que o SMV seria capaz de levar até mesmo passageiros adultos na terceira coluna. Sendo um carro de luxo, telas com sistema multimídia também podem surgir nos encostos de cabeça.

Você viu?

LEIA MAIS: Volvo lança versão topo de linha do XC90 híbrido, com novidades

Novos SUVs da Volkswagen

Desde o ano passado, a Volkswagen estipulou que teria cinco SUVS em seu portfólio para o Brasil até 2020. Entre eles, já temos os modelos Tiguan e T-Cross . Para os próximos três, o SUV médio Tarek será feito na Argentina e já tem passaporte carimbado para o nosso mercado. Será rival de modelos como Jeep Compass, Kia Sportage e Honda CR-V.

LEIA MAIS: Volkswagen irá fabricar nova picape na Argentina a partir de 2021

Um pouco depois, teremos o lançamento do grandalhão Atlas como o substituto do antigo Touareg. As novas proporções do Touareg deixariam o SUV muito caro no Brasil, portanto, a adoção de um modelo mais barato como o Atlas faz sentido. Em seguida, virá o CUV A0 como uma opção abaixo do VW T-Cross. O projeto também será baseado no Polo , fabricado em Taubaté (SP).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários