Tamanho do texto

Colaboradores da marca agradecem ao presidente, Mauricio Macri, de forma irônica. Fábrica de Pacheco continuará produzindo a picape Ranger

Ford Focus
Reproducão/Argentina Autoblog
Ultima unidade do Ford Focus deixa a linha de montagem. Modelo é descontinuado sem deixar substituto

Depois de vinte anos de produção com três gerações diferentes, a última unidade do Ford Focus acaba de deixar a linha de montagem da fábrica de Pacheco, na Argentina. Em uma celebração improvisada, organizada pelos funcionários na noite de sábado (04), foi deixada uma mensagem irônica para o presidente do país.

Leia mais: Mercedes-Benz Classe X: produção cancelada na Argentina

Os colaboradores escreveram: “Obrigado, Macri. Último Ford Focus produzido em 2019. 520 companheiros foram despedidos”. As imagens do último chassi foram publicadas no Facebook e viralizaram na Argentina.

A despedida do Ford Focus

Focus
Reproducão/Argentina Autoblog
Funcionários posam ao lado do chassi do último Ford Focus, colocando fim na história de duas décadas

Em outubro do ano passado, a Ford Argentina já havia confirmado que o Focus deixaria de ser fabricado, tanto na versão hatch quanto sedã. Da mesma forma, o Renault Fluence também teve sua produção encerrada em Córdoba, sem deixar o substituto direto. Essa mesma mudança de comportamento dos consumidores - que demandam cada vez mais por SUVs - também ameaça as linhas da Peugeot . Os modelos 308 e 408 já não estão mais disponíveis no catálogo da marca no Brasil, o principal alvo das exportações do complexo argentino de El Palomar.

LEIA MAIS: Conheça 5 versões de SUVs compactos que não compraríamos

Macri
Reproducão/Argentina Autoblog
Protestos para Macri na linha do Ford Focus

Desde que o fim da produção do Ford Focus foi anunciado na Argentina, a marca iniciou um programa para demissões voluntárias. Em janeiro, divulgaram o novo plano para as operações na América do Sul, que contou com o encerramento da fábrica de São Bernardo do Campo (SP), onde são feitos caminhões e o Fiesta. De acordo com a marca, o plano de abandonar a categoria de veículos comerciais é global.

Vale lembrar que a Ford anunciou um novo plano  de reestruturação, que conta com uma parceria para novos produtos com a Volkswagen. É possível que, em um futuro não muito distante, Ranger e Amarok compartilhem a mesma base. 

As coisas pioram na Argentina

Mercedes-Benz Classe X
Divulgação
Antes do fim do Ford Focus, a Mercedes-Benz Classe X também foi cancelada no mercado argentino

A indústria automotiva da Argentina passa por maus bocados nos últimos meses. No fim de abril, a picape Mercedes-Benz Classe X teve sua produção cancelada. O modelo - que teria como base as irmãs Renault Alaskan e Nissan Frontier - foi revisado pela gestão da aliança, e não sairá mais da fábrica de Córdoba por conta das condições econômicas do país.

LEIA MAIS: Volkswagen e JAC fecham parceria para fabricar novo carro elétrico na China

De acordo com o cronograma da marca, a Classe X deveria ter sido lançada na Argentina no início do ano. Sua produção, entretanto, nunca foi concretizada por conta da desvalorização do peso argentino no mercado internacional. Tal como o Ford Focus , o cancelamento da Classe X também abre novas desconfianças sobre o rumo das duas irmãs. uma vez que sua produção iria corresponder a 60% da capacidade de produção da fábrica.