Tamanho do texto

Marca alemã planeja entregar mais de 100.000 unidades por ano, abaixo dos 30 mil euros (R$ 133.500 em conversão direta). Veja mais de seus atributos

VW ID. 3
Divulgação
Ao que tudo indica, entre os carros elétricos, o mundo verá mais VW ID. 3 nas ruas do que os outros

A Volkswagen acaba de disponibilizar, na Europa, a pré-reserva do primeiro modelo de sua família de elétricos: o ID.3. Além disso, foram divulgados também mais detalhes da versão de produção, com plataforma específica para carros elétricos, pensado para ser o modelo de maior volume da VW em sua categoria. Sua chegada veio acompanhada de um site com mais detalhes sobre o futuro lançamento, que chega a mercados europeus em meados do ano que vem.

LEIA MAIS: VW suspenderá produção da fábrica de São Bernardo do Campo temporariamente

Uma das promessas mundiais entre os carros elétricos , o VW ID.3 custará, segundo a marca, menos de 30 mil euros (cerca de R$ 133.500 na conversão direta) em sua configuração de entrada, com bateria menor. Com isso, chega mais em conta que concorrentes como o Tesla Model 3, que parte de 35 mil euros (R$ 155.700) e BMW i3, que começa em 40 mil euros (R$ 178.000).

Entretanto, além do carro estar encoberto pela camuflagem, ainda não foram reveladas fotos do interior e nem o tempo estimado para recarga. Pelo que foi anunciado, mais detalhes e informações serão revelados apenas em setembro, no Salão de Frankfurt (Alemanha), onde haverá a sua apresentação definitiva. Infelizmente, nada foi dito sobre vir ao Brasil, pelo menos até o momento.

LEIA MAIS: VW Golf conectado será primeiro lançamento da nova era de híbridos e elétricos

Segundo Jürgen Stackmann, membro do Conselho de Administração da Volkswagen , o ID.3 terá largura similar à do Golf e espaço interno de compacto médio, graças à ausência de motor a combustão e às baterias posicionadas sob o assoalho, que aumentam o espaço disponível na cabine. Além disso, o executivo também prometeu zero emissões de CO2 em toda a produção do carro, que prevê a reciclagem das baterias.

Pré-venda

VW ID. 3
Divulgação
Ainda não se sabe quando (ou se) virá ao Brasil. Entretanto, ganhará as ruas no exterior em meados de 2020

As primeiros unidades que chegarão às concessionárias, para ser entregues imediatamente, são os da edição especial limitada a 30.000 unidades. Segundo a marca, essa leva tem equipamentos exclusivos, alto desempenho e bateria de tamanho médio. O preço ficará abaixo de 40 mil euros, e os clientes precisam se inscrever previamente no site e pagar um depósito de 1.000 euros (R$ 4.450). A produção do ID.3 1ST deve começar no final de 2019 e os primeiros veículos serão entregues aos clientes em meados de 2020. 

LEIA MAIS: Volkswagen mostra conceito de novo SUV durante o Salão de Xangai

Ao todo, a linha do ID.3 terá três opções de bateria, que geram 45 kWh, 58 kWh e 77 kWh. Segundo a VW, o modelo de entrada roda até 330 km com uma carga, enquanto a versão intermediária e a 1ST, têm 420 km de autonomia. Por fim, a mais sofisticada pode chegar a 550 km. Vale ressaltar que a configuração mais em conta, que virá na sequência, teve a garantia de Stackmann em um de seus depoimentos, no qual disse que "se o consumidor quiser rigorosamente um carro pelado, ele vai ter".

A edição especial do VW ID.3 tem quatro opções de cores e três configurações de equipamentos/acabamento. Entre eles, rodas maiores, controle de voz, sistema de navegação, design interior e exterior bicolores, teto de vidro panorâmico e head-up display com realidade aumentada. Pode-se considerar que, entre os carros elétricos , o alemão será um dos primeiros a aumentar a acessibilidade para as novas tecnologias.