Tamanho do texto

Além das versões com motor flex, todas as configurações da opção de entrada XL turbodiesel são extintas. Versão Storm também chega em 2019

Ford Ranger
Divulgação
Ford Ranger XL 2.2 turbodiesel: Versão de entrada que dá adeus com a reformulação na linha da picape

As versões flex da picape Ford Ranger acabam de sair de linha, junto com as versões de entrada XL com o 2.2 turbodiesel (chassi, cabine simples e cabine dupla). Permanecem as  XLS 2.2 4x4 manual, XLS 2.2, XLS 2.2 4x4, XLT 3.2 4x4 e Limited 3.2,  as últimas cinco automáticas. As fabricantes têm adotado a estratégia de reduzir a quantidade de versões disponíveis para reduzir custos de produção e compensar o faturamento.

LEIA MAIS: Ford vai lançar Ranger Raptor na Argentina em meados de 2019

O reposicionamento  da linha do Ford Ranger também segue a tendência do mercado, que surte efeitos diretos em seu segmento. Entre os rivais, as que ainda oferecem motores flex são o Toyota Hilux e o Chevrolet S10 . Nissan Frontier, Volkswagen Amarok e Mitsubishi L200 Triton, por outro lado, são vendidas somente com motorização a diesel. 

LEIA MAIS: Nissan Frontier 2021, de nova geração, terá detalhes antecipados nos EUA

A versão XLS, que passa a ser a mais em conta, é equipada sempre com o motor 2.2 turbodiesel, de 160 cv e 39,3 kgfm. Ela pode combinar câmbio automático e tração 4x2,  manual e tração 4x4 e  automático e tração 4x4. Acima, a XLT vem com o 3.2 turbodiesel de 200 cv e 47,9 kgfm, sempre com câmbio automático. O conjunto é o mesmo na versão topo de linha, Limited. Todas as opções de câmbio têm 6 marchas.

LEIA MAIS: Que tal uma Ford Ranger de 350 cavalos?

Reestilização, nova versão e preços

FordRranger
Divulgação
Eis o novo visual da picape, que na Argentina, onde é produzida, já roda sem camuflagem

Produzida na Argentina, a picape chegará em uma pequena reestilização ainda este ano. Já circula no país vizinho sem camuflagens e foi confirmada para compor um dos cinco lançamentos do ano. E junto a ela, mas com possibilidade de ser lançada em outro momento, virá a versão Storm com apelo aventureiro, apresentada no Salão do Automóvel 2018.

Terá estilo diferenciado das demais versões, com pintura em duas cores, alargadores de para-lama, snorkel entre outros itens. Enquanto isso, o motor será o mais sofisticado da linha: o 3.2 turbodiesel da versão XLT e Limited, com câmbio automático de seis marchas.

E entre os itens de série, a picape terá central multimídia Sync 3, sete air bags, câmera de ré, sensores de estacionamento, piloto automático com limitador de velocidade e controle eletrônico de estabilidade e tração e mais. Veja os preços das versões disponíveis hoje para a linha 2019 do Ford Ranger :

XLS 2.2 4x2 automática: R$ 128.250
XLS 2.2 4x4 manual: R$ 147.520
XLS 2.2 4x4 automática: R$ 154.610
XLT 3.2 4x4 automática: R$ 176.420
Limited 3.2 4x4 automática: R$ 188.990