A cultura da modificação automotiva está no sangue do brasileiro. Muitas pessoas gostam de customizar os seus veículos para expressar ainda mais a sua personalidade. Da mesma forma, alguns motoristas compram carros básicos e acabam inserindo recursos de tecnologia paralelos em seus veículos. Mas vale tomar cuidado, pois alguns desses acessórios são perigosos.

LEIA MAIS: Como usar o macaco, trocar pneu e o que poucos lembram na hora da manutenção

Partindo disso, a reportagem do iG enumera 5 acessórios perigosos que você deve ficar atento. Praticamente todos eles oferecem riscos, tanto para o motorista e passageiros quanto os pedestres na rua.

1 - Tapete não-original

Tapetes paralelos podem enroscar no acelerador e causar comportamento involuntário do veículo
Divulgação
Tapetes paralelos podem enroscar no acelerador e causar comportamento involuntário do veículo

Um recall ficou muito popular em 2009 por conta de suas circunstâncias curiosas. A Toyota convocou que os proprietários de 3,8 milhões de veículos voltassem às concessionárias nos EUA para a substituição do tapete do motorista. O motivo? Ele poderia se prender no acelerador e causar algum comportamento involuntário do veículo. A ordem de chamamento foi passada após uma família inteira morrer na Califórnia, num acidente com um Lexus ES350.

Portanto, se você é daqueles que substitui os tapetes originais do veículo por algum modelo paralelo, tome muito cuidado. O fator estético poderá custar a sua vida, e dos outros ao seu redor. Dê preferência por modelos originais, vendidos como acessórios nas concessionárias.

2 - DVD desbloqueado

Quando desbloqueado, o kit-DVD é um dos acessórios perigosos por causar distrações no motorista
Divulgação
Quando desbloqueado, o kit-DVD é um dos acessórios perigosos por causar distrações no motorista

Você não precisa mais comprar um carro de luxo para ter uma tela de DVD. Por menos de R$ 300, é possível adquirir um rádio convencional com todas as conectividades Bluetooth, USB e auxiliar, além de uma telinha para assistir aos vídeos.

LEIA MAIS: Veja as 5 fabricantes mais bem avaliadas pelos clientes

O problema é que essas telas são desbloqueadas, e a imagem não some enquanto o carro está em movimento. Ou seja, o motorista poderá se distrair com o dispositivo de mídia e causar uma acidente. Vale dizer que um estudo publicado pelo Observatório de Segurança Viária revelou que 59% são causados por distrações.

Você viu?

3 - Insulfilm

A legislação indica os níveis de um Insulfilm. Ultrapassar os 75% de visibilidade é crime
Divulgação
A legislação indica os níveis de um Insulfilm. Ultrapassar os 75% de visibilidade é crime

A visibilidade noturna para o motorista fica totalmente comprometida com Insulfilm . E a lei é bem clara: o parabrisa deve permitir a passagem de 75% de luminosidade, e para as janelas dianteiras e traseiras, os índices devem ser de 70% e 28%, respectivamente. Para mais detalhes, consulte a resolução 254 do Contran.

Dentro das especificações, porém, as películas nos vidros filtram os raios UV (o que ajuda a conservar detalhes do interior do carro), ajudam a manter uma temperatura agradável no interior do veículo e aumentam ligeiramente a resistência dos vidros.

4 - Rodas de marcas duvidosas

Rodas de baixa qualidade ou recuperadas com solda são perigosíssimas
Divulgação
Rodas de baixa qualidade ou recuperadas com solda são perigosíssimas

Em 2015, um acidente grave tirou a vida do ídolo sertanejo Cristiano Araújo. Além do cantor e sua namorada estarem sem cinto de segurança, a roda do Range Rover havia sido reparada com solda. O laudo confirmou que ela se rompeu e causou o capotamento do veículo.

LEIA MAIS: Veja 5 dicas úteis para o momento de comprar e vender sua moto

Isso mostra o risco de se confiar em marcas duvidosas ou lojas que revendem rodas diferenciadas. Muitos modelos avariados são soldados, e retornam ao mercado, causando risco para o motorista e terceiros. Se você faz questão de trocar a roda do seu carro, procure as lojas mais conceituadas.

5 - Capa pinça de freio

O detalhe estético pode derreter e comprometer a capacidade de frenagem da pinça
Divulgação
O detalhe estético pode derreter e comprometer a capacidade de frenagem da pinça

A capa pinça de freio é um recurso muito badalado pelos jovens que querem dar uma cara mais esportiva para o carro. Mas também é preciso tomar muito cuidado na hora de fazer este tipo de modificação, pois dependendo da qualidade do material, ele poderá derreter e afetar o desempenho dos freios.

Os modelos produzidos por fabricantes homologadas são compostos por materiais de máxima resistência contra o calor. Há uma manta térmica que funciona como escudo aos danos causados pela temperatura. No mercado paralelo, entretanto, corre-se o risco de danificar todo o sistema com um dos acessórios perigosos .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários