Tamanho do texto

Levamos as principais dúvidas de donos de Prius para a fabricante japonesa. Confira as declarações da Toyota sobre a nova tecnologia híbrida flex

O lançamento do Toyota Corolla híbrido marca o início de um novo capítulo na indústria automotiva brasileira. É a primeira vez que um “best-seller” surge com versão eletrificada e flex em nosso mercado, dando início a um ciclo mais econômico, sustentável e tecnológico. Muitas pessoas que já apostam em modelos híbridos ganham uma nova possibilidade de compra com a chegada do sedã.

LEIA MAIS: Confira as primeiras impressões do novo Toyota Corolla Altis híbrido

Partindo disso, a reportagem de iG Carros consultou proprietários e entusiastas de híbridos que estão dispostos a comprar o novo Toyota Corolla , colhendo as principais dúvidas acerca do modelo. Levamos estes questionamentos ao chefe-executivo da marca para América Latina e Caribe, Miguel Fonseca, e outros engenheiros envolvidos na concepção do Corolla.

1 - A tecnologia híbrida é a mesma do Prius? Qual seria a diferença no conjunto mecânico dos dois modelos? (Vanessa Penteado, pelo Facebook)

Toyota Prius arrow-options
Divulgação
O Toyota Prius foi o primeiro carro híbrido de vendas expressivas no Brasil. Sua tecnologia foi integrada ao Corolla

De acordo com Miguel Fonseca, os conjuntos mecânicos dos modelos não são tão diferentes. O diferencial do novo sedã médio é mais curto para melhorar a entrega de potência, além de toda a parte que tem contato com o combustível que precisou ser substituída. O etanol é mais corrosivo que a gasolina - este foi o principal desafio enfrentado pela Toyota durante o desenvolvimento.

2 - O seguro do modelo híbrido será mais caro? (João Miguel Gonçalves. pelo Facebook)

Toyota Corolla arrow-options
Divulgação
O Toyota Corolla sempre foi um dos sedãs médios com valor mais em conta de apólice nas seguradoras

A fabricante diz que não há motivos que façam o seguro do Corolla Altis na versão híbrida ser mais caro que o modelo a combustão. Fonseca também alega que o índice de substituição do sistema híbrido e baterias em todo o mundo é de 0,2% em dez anos. Conforme o levantamento interno da Toyota, apenas um em cada 5 mil proprietários terá que substituir a sua bateria e sistema de regeneração neste período de tempo.

3 - A central multimídia do Prius é criticada. O novo kit do Corolla conta com Apple CarPlay e Android Auto? (Rodrigo Silva, pelo Facebook)

Toyota Corolla 2020 arrow-options
Divulgação
A central multimídia do Toyota Corolla ganha novas tecnologias com sua evolução

A central multimídia de dez polegadas é a mesma do RAV4 e vem de item de série em todas as versões, contando com conectividade Apple CarPlay e Android Auto. Os executivos também confirmam que o SUV também receberá uma atualização em breve.

LEIA MAIS: Chevrolet Cruze ganha retoques no visual e internet embarcada na linha 2020

4 - Qual é o apelo de venda mais convincente para um carro híbrido? A economia de combustível vai pagar o investimento? (Akio Saito, pelo Facebook)

Toyota Corolla arrow-options
Divulgação
O logotipo da marca é envolvido por uma aréola azul nos veículos híbridos. Linha brasileira inclui Corolla, Prius e RAV4

A Toyota oferece duas versões do Corolla Altis pelo mesmo preço: R$ 124.990. A escolha entre os motores Dynamic Force e Hybrid dependerá do perfil do cliente. Um estudo publicado pela Jato Dynamics aponta que carros híbridos estão cada vez mais vantajosos financeiramente, mas que o investimento será quitado apenas se o comprador permanecer com o modelo por muitos anos. O perfil de quem compra carros acima de R$ 120 mil reais, por outro lado, é vender o veículo após um ano de uso.

5 - O câmbio da versão híbrida é CVT? Como ele funciona? (Maickel Bourscheid, pelo Facebook)

Toyota Corolla 2020 arrow-options
Divulgação
Entenda como funciona o câmbio do tipo "CVT planetário" do Toyota Corolla híbrido

O novo Corolla híbrido utiliza o mesmo câmbio do tipo continuamente variável do Prius. O sistema “planetário” é gerenciado eletronicamente, sem correia e polia. Dessa forma, não é possível simular as marchas como o modelo 2.0 Dynamic Force movido apenas a combustão. A versão híbrida também não conta com aletas atrás do volante ou opção para trocas de marcha na alavanca.

LEIA MAIS: Honda Civic ganha equipamentos e perde versão manual na linha 2020

6 - Quais são as vantagens em relação ao Prius? (Alexandre Ciattei, pelo Facebook)

Toyota Corolla arrow-options
Divulgação
Chefe-executivo explica como será o posicionamento dos modelos híbridos no Brasil

Para o chefe-executivo da Toyota para a América Latina, o Prius se tornará um carro de nicho no Brasil. “Ele tem um design muito expressivo e sabemos que não agrada a todos. Quem gosta do Prius, realmente ama as suas linhas”, diz Michel Fonseca. “O Toyota Corolla é um modelo mais convencional e luxuoso, porém conservador. Sabemos que ele deverá atrair novos clientes para a categoria dos híbridos”. Das 4,5 mil unidades que a Toyota espera emplacar mensalmente, 1 mil serão híbridas.