Tamanho do texto

Todas as fabricantes estão de olho no sucesso da Fiat Toro. Conheça as novas picapes intermediárias do mercado brasileiro para a próxima década

Em meados de julho, o nosso colunista Sergio Quintanilha publicou um texto onde explicava os pormenores do sucesso da Fiat Toro. O modelo surgiu em uma categoria quase inexistente (a Oroch veio antes, mas vende bem menos) e colocou as picapes intermediárias no radar dos consumidores de SUVs e sedãs médios. Desde seu lançamento, não era mais necessário desembolsar uma fortuna para ter uma caminhonete cabine dupla.

LEIA MAIS: Fiat Toro é a melhor ideia da década

As concorrentes que há pouco dormiam no ponto já estão se movendo, preparando investidas contra a líder absoluta de seu mercado. E com tantos lançamentos a caminho, dá para ficar perdido no alvoroço. Partindo disso, a reportagem do iG Carros enumera 5 picapes intermediárias novas que você verá no mercado até meados de 2023. Acompanhe a lista.

1 - Hyundai Creta STC

Hyundai Creta STC arrow-options
Nicolas Tavares/iG Carros
Hyundai Creta STC foi a resposta imediata ao modelo da Fiat em 2016. Virá após o lançamento da próxima geração do SUV

A Toro chegou ao mercado no início de 2016 e a Hyundai não demorou para dar uma resposta. Durante o Salão do Automóvel daquele ano, o Creta STC foi uma das principais atrações da marca coreana - imaginando uma versão com caçamba do SUV compacto.

Quando questionado sobre uma possível investida na categoria, o presidente da Hyundai na Argentina, Guillermo Artagaveytia, confirmou que a marca tem planos de lançar uma nova picape na América Latina. Pelo cronograma da Hyundai, o novo modelo deverá compartilhar sua base com a próxima geração do Creta.

2 - VW Tarok

VW Tarok arrow-options
Projeção/Kleber Silva
Projeção reproduz a VW Tarok com a dianteira do futuro SUV Tarek, que chega ao Brasil em 2021

O Salão do Automóvel de 2018 foi movimentado para a Volkswagen. Além de ter sido a primeira ocasião em que o público teve contato direto com o SUV T-Cross, a marca apresentou o conceito Tarok , retratando uma picape intermediária entre Saveiro e Amarok que deverá chegar em meados de 2021.

De acordo com o chefe de design da Volkswagen, José Carlos Pavone, o modelo de produção será bem próximo do conceito apresentado no São Paulo Expo. Apesar de ser um projeto brasileiro, a marca levou a Tarok ao Salão de Frankfurt 2019 para medir a aceitação. Se o modelo for aprovado na Europa, poderá ser fabricado na Alemanha.

LEIA MAIS:  Relembre 5 versões que deixaram saudades no mercado brasileiro

A expectativa é que a Tarok seja lançada com motor 1.4 turbo de 150 cv de potência - o mesmo de T-Cross e Jetta. Além disso, a VW também terá três novos SUVs no Brasil: Urban Coupé, Tarok e Atlas Cross Sport.

3 - Ford Ranchero/Courier

Ford Ranchero arrow-options
Kleber Pinho da Silva
A Ford também terá um novo modelo abaixo da Ranger. Informação foi confirmada por executivos

Desde que a Courier saiu de linha, a Ranger se tornou a única picape da Ford no Brasil. Isso está prestes a mudar, uma vez que o presidente da marca, Jim Farley, declarou ao site Automotive News que a Ford terá um novo produto abaixo da categoria da picape média.

A base da picape está praticamente pronta, pois será feita sob a nova plataforma do Focus europeu - vale dizer, compartilhando características com a próxima geração do EcoSport. Ainda é difícil apontar o nome, mas existem chances da Ford resgatar o nome Courier, que foi registrado no escritório de patentes nos EUA em meados de 2016. Outros rumores apontam para Ranchero, tributo à picape que fez sucesso na América do Norte em meados dos anos 60.

4 - Fiat Toro 1.3 Turbo

Fiat Toro 2020 arrow-options
Divulgação
A Fiat Toro deverá ganhar uma nova versão com motor 1.3 turbo, substituindo o antiquado 1.8 e.TorQ

Em 2008, encerrou-se o acordo que a Fiat mantinha com a General Motors para a utilização de seus propulsores. A escapatória foi comprar a Tritec, fabricante de componentes automotivos sediada no Paraná - antes pertencente à Chrysler e BMW. A marca italiana aproveitou a tecnologia da nova aliada para fabricar o motor 1.8 e.TorQ, que durante seus longos anos de mercado já equipou Bravo, Punto e Renegade.

Por sua simplicidade, o motor já chegou defasado à Toro em 2016. Mas a Fiat iniciou o processo de modernização de sua linha de propulsores, e prometeu interromper a fabricação do antiquado 1.8 e.TorQ até 2020. Em seu lugar, teremos uma nova unidade 1.3 turbo com sistema MultiAir de abertura de válvulas, comando acionado por corrente e injeção direta. Uma mudança que se faz necessária.

5 - Nova picape da GM

Nova picape da GM arrow-options
Kleber Pinho da Silva
Também podemos esperar por uma nova picape da Chevrolet, ocupando a lacuna entre Montana e S10

O presidente da General Motors na América Latina, Carlos Zarlenga, declarou que a marca está de olho na categoria das picapes intermediárias , e a nova plataforma GEM que foi lançada no Onix Plus poderia viabilizar o projeto.

LEIA MAIS: Fiat Toro Endurance TD 4x4: picape valente com estilo

A nova família de motores turbo também seria coerente para o novo modelo da Chevrolet. De acordo com o site GM Authority, o projeto também estaria sendo conduzido exclusivamente pela Chevrolet do Brasil, aos moldes do consumidor local. Há grandes chances do novo modelo compartilhar características com a próxima geração do SUV Tracker.

Projeções:  Kleber Pinho da Silva