VW Fox
Divulgação
VW Fox é um dos projetos que menos se modificou com o tempo dentro da marca. Mas agora traz novidades importantes

O Volkswagen Fox já viu dias melhores no mercado. Com 8.321 unidades emplacadas 1º semestre, foi apenas o quarto modelo mais vendido da marca no Brasil, ficando atrás de Gol, T-Cross e Polo. Mas não quer dizer que a montadora tenha esquecido dele. A linha 2021 do modelo passa a contar com isofix e com cintos de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes.

LEIA MAIS: Veja a história do Fox, o compacto da Volkswagen que quase não foi lançado

O Volkswagen Fox com as novidades — que também foram estendidas aos modelos Gol e Voyage — chegam por conta das mudanças na legislação brasileira, que passou a exigir esses itens de segurança em todos os veículos produzidos a partir deste ano.

LEIA MAIS: VW Fox deixa de ser vendido na Argentina depois de 15 anos

O Fox está disponível em duas versões: Connect (R$ 54.600) e Xtreme (R$ 59.630). A primeira traz de série rodas de liga leve de 15", sistema multimídia com tela de 6,5" vidros elétricos, controle automático de velocidade de cruzeiro e ar-condicionado.

LEIA MAIS: Veja ranking dos seminovos mais vendidos pela internet

Já a topo de linha Volkswagen Fox Xtreme traz um visual mais aventureiro, com rodas diamantadas de 16", faróis auxiliares com luzes de neblina e de longo alcance, câmera de ré, barras de teto e faróis com máscara negra. Ambos são equipados com o mesmo motor 1.6, de até 104 cv e o câmbio manual, de cinco marchas.

    Veja Também

      Mostrar mais