Conceito Michelin Vision é a proposta da empresa francesa para um pneu do futuro
Divulgação
Conceito Michelin Vision é a proposta da empresa francesa para um pneu do futuro


Até 2050, a Michelin quer que os pneus sejam produzidos com materiais 100% sustentáveis. Para isso, a fabricante francesa de pneus vai se inspirar no conceito Vision, um pneu sem ar mostrado em 2017, que além de ser biodegradável permite a reimpressão do desenho da sua banda de rodagem de acordo com o piso.


De acordo com a Michelin , dos mais de 200 ingredientes usados atualmente na receita de manufatura de um pneu da empresa, por volta de 30% têm origem natural, sustentável ou é resultado do processo de reciclagem de pneus usados. Além da borracha natural e sintética, a lista de matérias-primas de um pneumático atual inclui também metais, fibras, negro de fumo, silica e resinas.

Para aumentar esse índice de sustentabilidade dos pneus, desde 2019 a companhia trabalha em conjunto com as empresas Axens e IFP Energies Nouvelles no projeto BioButterfly, para produzir um substituto para o butadieno derivado de petróleo — componente necessário para a produção da borracha sintética — por um produto equivalente obtido a partir da fermentação de matéria orgânica.

A fabricante francesa de pneus está envolvida ainda em outros projetos com a canadense Pyrowave e a startup francesa Carbios que preveem o uso de embalagens de plástico e garrafas PET, respectivamente, para a obtenção de estireno e outros ingredientes necessários.

Neste mês, a Michelin se juntou à companhia sueca Enviro para construir uma unidade indústrial de reciclagem de pneus que usando uma nova tecnologia irá permitir extrair desses pneumáticos o negro de fumo, o óleo de pirólise, aço, e outros componentes que poderão ser empregados novamente na produção de pneus e outros itens de borracha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários