Lotus Evija e Type 49: apesar de elétrico, supercarro poderá emitir o som de um dos clássicos da Fórmula 1
Divulgação
Lotus Evija e Type 49: apesar de elétrico, supercarro poderá emitir o som de um dos clássicos da Fórmula 1


Um característica dos carros elétricos é a quase ausência de som do motor em funcionamento. Para reparar essa "falha", a britânica Lotus vai reproduzir no superesportivo elétrico Evija o ronco do motor Ford Cosworth DFV utilizado no icônico Lotus Type 49, vencedor do campeonato mundial de construtores e pilotos da Fórmula 1 em 1968 e 1970.


O trabalho de criação de som para o Lotus Evija está sendo comandado pelo produtor musical britânico Patrick Patrikios e teve início com o registro sonoro do ronco do propulsor DFV, um 3.0 V8 que começou a sua vida com 414 cv e acabou ficando marcado como um dos propulsores mais vencedores da principal categoria do automobilismo.

Você viu?

Além de sonorizar o conjunto motriz, a base sonora criada por Patrikios foi utilizada também para a criação do som das setas e do alerta de cinto de segurança. "Todos nós queríamos algo para despertar uma conexão emocional entre o carro e o motorista. O som é algo com uma influência imensa quando se fala em criar e formar emoções, para enriquecer esta ligação que é uma parte crítica da experiência de um Lotus", destacou o produtor em um comunicado divulgado pela fábrica. Fã da Lotus , Patrikios é proprietário de um roadster Evora.


Revelado em 2019, o Lotus Evija será um superesportivo de produção limitada a apenas 130 unidades, que começam a ser produzidas este ano. Equipado com quatro motores elétricos com potência combinada de mais de 2.000 cv, o modelo será capaz de atingir 320 km/h e acelerar de 0 a 100 km/h em menos de três segundos. Com uma carga de bateria, o supercarro terá autonomia de 345 km.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários