Citroën C3 2022: modelo ganha ares de SUV para dar início a uma nova fase da marca n Brasil a partir do início de 2022
Divulgação
Citroën C3 2022: modelo ganha ares de SUV para dar início a uma nova fase da marca n Brasil a partir do início de 2022


A Citroën revela por meio do mote "4 All' os planos de crescimento no mercado brasileiro e em outros como o sul-americano. Para isso, a marca francesa tem como planos de estratégia aproximar ainda mais os consumidores com inovação e desenvolvimento. 


Dessa maneira, a Citroën aposta no novo C3 que ganhou ares de SUV, um segmento em constante crescimento em todo o mundo. O modelo, previsto para chegar no início de 2022, será produzido na plataforma CMP, que é a plataforma modular da PSA Peugeot-Citroën para carros compactos e deverá receber motores 1.6 16v (mesmo do C4 Cactus) e, mais tarde 1.0 Firefly aspirado.O 1.3 aspirado e o 1.0 turbo também devem chegar em seguida.

Citroën Ë-Jumpy: será o primeiro modelo 100% elétrico da marca francesa a chegar ao Brasil, até o fim do mês que vem
Divulgação
Citroën Ë-Jumpy: será o primeiro modelo 100% elétrico da marca francesa a chegar ao Brasil, até o fim do mês que vem

Fora o compacto, a marca também aproveita para anunciar a estreia do furgão 100% elétrico Ë-Jumpy  ainda em 2021 no Brasil, como o primeiro modelo elétrico da marca na América do Sul.

“Esse é só o primeiro movimento do planejamento de eletrificação da Citroën no Brasil e na América do Sul. Temos uma forte estratégia nesta direção para todos os países da região, tanto para veículos comerciais, como para veículos de passeio”, comenta Vanessa Castanho, Head da Citroën na América do Sul.

Leia Também


Além disso, a Citroën segue alinhada com sua rede de concessionários para acompanhar as ambições do plano estratégico, está em crescimento em toda a América do Sul e terá no Brasil, por exemplo, um crescimento de quase 50% até meados de 2022, passando dos atuais 123 pontos de vendas para 175.

Leia Também

“Estamos absolutamente confiantes com a estratégia de crescimento fundamentada nos valores da marca e nos fantásticos produtos que vamos trazer para os mercados da América Latina.”, comenta Antônio Filosa, COO da Stellantis na América Latina.

Para os próximos três anos, a marca ainda adiatnou que pretende lançar três novos modelos e conquistar 4% do mercado brasileiro , duplicar sua participação de mercado na Argentina, chegando a 7%, superar os 3% de participação no Chile e crescer em ofertas de produtos e volume de vendas.

Todo esse crescimento proporcionará à marca Citroën conquistar 4% de participação de mercado na América do Sul até o fim de 2024.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários