Modelo terá como base o motor V6 TDI, mas com potência de Audi RS3, quando ainda falamos de carros do grupo VW
Divulgação
Modelo terá como base o motor V6 TDI, mas com potência de Audi RS3, quando ainda falamos de carros do grupo VW

A VW confirma que a segunda geração da picape Amarok virá com o motor V6 TDI para entregar 400 cv, na versão esportiva R. A ideia é rivalizar com a linha Raptor da Ford, ainda que ela tenha ajudado a Volks no desenvolvimento da picape. Ambas as fabricantes fecharam aliança para o Project Cyclone, que produz veículos comerciais, carros elétricos e tecnologias semi-autônomas.

Entre as outras informações conhecidas sobre a nova geração da Amarok , sabemos que será será 100 milímetros mais comprido e mais de 40 mm mais largo que seu antecessor, bem como adotará a mesma mecânica que a Ford já confirmou para a nova Ranger: 2.0 turbodiesel , 2.0 turbodiesel, além do V6 TDI.

"Há oportunidade para todo tipo de produto no segmento de picapes . Uma Amarok R é definitivamente uma opção. É o que estamos desenvolvendo e investigando no momento ", disse Ryan Davies, diretor de Veículos Comerciais da VW, em entrevista à revista australiana Cars Guide.

Desenvolvida como um modelo global, a novidade será vendida em diversos países e fabricada em Sillverton (Africa do Sul). Ainda está em dúvida se também será montada em Pacheco (Argentina). A nova VW Amarok vai chegar ao mercado europeu em 2022.

No Brasil, pelo menos por enquanto, continuará vindo da Argentina a primeira geração da picape Amarok . Em 2023, porém, está confirmada a chegada da nova Ford Ranger. Se a versão R vier, será a única da espécie no mercado brasileiro, e promete entusiasmar os apaixonados por velocidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários