Protótipo mantém câmbio manual e foi feito a partir do tradicional Wtrangler do qual herdou o apelo off-road
Divulgação
Protótipo mantém câmbio manual e foi feito a partir do tradicional Wtrangler do qual herdou o apelo off-road

A Stellantis vem investindo pesado na eletrificação de seus modelos no Brasil. Carros como  500ePeugeot e-208  e as versões híbridas do Jeep Compass, buscam fazer o grupo aumentar as vendas de veículos com zero ou emissões reduzidas. Agora, a Jeep aproveita o Easter Jeep Safari para apresentar ao mundo o Magneto 2.0, uma evolução do protótipo elétrico baseado no Wrangler, revelado no mesmo evento, no ano passado.

As semelhanças com a versão inicial do Magneto vão além das cores, o protótipo atualizado mantém o câmbio manual de seis velocidades com reduzida, mas promete desempenho sem igual graças à arquitetura de 800 volts.

Graças à nova arquitetura de motorização, o Magneto 2.0 é capaz de produzir 625 cv e 117 kgfm, números mais de duas vezes maiores que a primeira versão do protótipo. Muitos detalhes não foram divulgados ainda, mas segundo a marca o tempo de 0 a 100 km/h é de cerca de dois segundos.

Em comunicado à imprensa, a Jeep fez questão de mencionar que o Magneto 2.0 pode entregar potência por 10 segundos de acordo com a calibração escolhida.

Teaser do Jeep Magneto 2.0, que vem com motor elétrico  de 800 volts, capaz de gerar 625 cv e brutais 117 kgfm
Reprodução
Teaser do Jeep Magneto 2.0, que vem com motor elétrico de 800 volts, capaz de gerar 625 cv e brutais 117 kgfm

Os motores de 800 volts são o que há de melhor na indústria atualmente, são derivados da Formula-E e equipam, por exemplo, o Porsche Taycan . Esses motores são mais leves, conseguem entregar mais potência e mais autonomia que os de 400 volts, considerados padrões na indústria.

Mais detalhes devem surgir ao longo do tradicional Safari de Páscoa da Jeep, que acontece no deserto de Moab nos Estados Unidos, onde a marca também apresentará outros nove modelos, incluindo uma versão híbrida plug-in do Grand Cherokee Trailhawk e um tributo ao Willys , chamado de Jeep ’41, equipado com dois motores elétricos e um 2.0 turbo, onde a pintura verde-oliva e a capota bege se destacam.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários