Tamanho do texto

Ousadia é a marca registrada do empreendedor, que compartilhará a tecnologia de seus carros elétricos

O que importa mais, a receita do bolo ou a mão de quem cozinha? Para o megaempreendedor Elon Musk, claramente, o como fazer é o que realmente conta. Tanto que ele acaba de anunciar que sua empresa, a Tesla Motors, vai liberar todas as suas patentes para os concorrentes de “boa fé que quiserem usar sua tecnologia em carros elétricos” para combater o aquecimento global.

LEIA MAIS: Segmentos de sedãs grandes diminui, mas lançamentos continuam atraentes

O megaempreendedor Elon Musk acredita que a tecnologia da Tesla pode ajudar no combate ao aquecimento global
Divulgação
O megaempreendedor Elon Musk acredita que a tecnologia da Tesla pode ajudar no combate ao aquecimento global

A iniciativa é surpreendente. E mais uma boa sacada da Tesla - recentemente, ela também anunciou a criação de postos de troca de baterias usadas que completaram seu ciclo de geração de energia. Afinal, o descarte delas é uma importante questão ambiental.

Segundo Elon Musk , considerado um gênio dos negócios, o propósito da empresa é mais importante do que o lucro essencialmente baseado na exclusividade. “A Tesla Motors foi criada para acelerar o transporte sustentável”, afirmou. “Diante de uma produção anual de centenas de milhões de carros poluentes no mundo pelos grandes fabricantes, é impossível para a Tesla sozinha combater a crise da emissão de carbono”, justificou suas iniciativas, mostrando ser mesmo bom de marketing e de ação. 

LEIA MAIS: Fabricantes se unem por inovações

Enquanto as versões quase iguais da concorrência não vêm, o sedã Tesla Model 3 segue como exemplo incontestável de carro elétrico de sucesso. Tem potencial para reduzir sensivelmente a poluição urbana, inclusive sonora, já que o funcionamento do motor é muito silencioso.

A aceitação do Tesla Model 3

O sedã Tesla Model 3 é o carro elétrico mais vendido nos Estados Unidos nos dias atuais
Divulgação
O sedã Tesla Model 3 é o carro elétrico mais vendido nos Estados Unidos nos dias atuais

Desde o seu lançamento, o Model 3 vem recebendo elogios de entusiastas de carros elétricos e críticos de automóveis. Também é bem aceito pelo público. Nos Estados Unidos, a contagem de vendas do modelo em 2018 está em 139.782. Número ainda longe dos carros tradicionais, mas muito mais alto do que todos os veículos elétricos plug-in vendidos no mercado norte-americano.

O Tesla Model 3, totalmente elétrico, tem uma faixa de autonomia de 499 km com sua bateria de longo alcance.  Tem tração nas quatro rodas e possui dois motores elétricos independentes, que controlam digitalmente o torque nas rodas dianteiras e traseiras proporcionando um melhor controle e controle de tração.

Com o interior funcional, onde destaca-se a tela de 15 polegadas, o Tesla Model 3 terá tecnologia compartilhada
Divulgação
Com o interior funcional, onde destaca-se a tela de 15 polegadas, o Tesla Model 3 terá tecnologia compartilhada

É possível usar o smartphone como chave e acessar todos os controles do driver na tela sensível ao toque central de 15 polegadas. O teto de vidro se estende da frente para trás, criando uma sensação de abertura em todos os assentos.

LEIA MAIS: SUVs e picapes que fazem sucesso no exterior, e são esperados no Brasil

Um ano e meio depois que os clientes nos EUA começaram a receber seus pedidos, os primeiros carros Tesla Model 3 chegaram aos europeus. Começaram a entrar neste mês no mercado pelo porto belga de Zeebrugge.

A Tesla começa vender o Tesla Model 3 na Europa que poderá chegar no Brasil na metade da próxima década
Divulgação
A Tesla começa vender o Tesla Model 3 na Europa que poderá chegar no Brasil na metade da próxima década

A Tesla pensa agora expandir para outros mercados internacionais. No Brasil, ainda não há definição de data, mas vale dizer que, em março de 2016, horas antes do lançamento do Model 3, o próprio Elon Musk tuitou que venderia o carro por aqui. Provavelmente na metade da próxima década.  Continuamos à espera ansiosos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.