Tamanho do texto

Modelo da startup Rivian é o atual centro da atenção. Por aqui, a JAC promete trazer picape elétrica T8 para o nosso mercado

riviam
Divulgação
Cobiçada pela Amazon, Ford e General Motors, a starup Rivian promete lançar a picape elétrica R1T em 2020

Trazer a tecnologia híbrida ou elétrica para as picapes não é fácil. Mas, cada vez mais, elas são direcionadas para um novo consumidor que usa o veículo em áreas urbana ou como lazer e leve aventura. Pensando nisso, o futuro das picapes elétricas, com emissões zero, está próximo e veículo totalmente elétrico estará quebrando mais uma barreira.

LEIA MAIS: VW Golf conectado será primeiro lançamento da nova era de híbridos e elétricos

Vanguardista desde sempre, Jeffrey Bezos percebeu há 30 anos a revolução emergente da internet e criou um novo comércio eletrônico - a Amazon (apenas!). Agora, o grupo comandado por ele prepara-se para entrar no setor do transporte: entre as alternativas, a empresa pensa em investir US$ 700 milhões na Rivian, uma startup de veículos amigos do meio ambiente que vai lançar entre as  picapes elétricas  a R1T EV em 2020.

ford f-150
Divulgação
Não é tarefa fácil, mas a Ford promete lançar a grandalhona F.150 em versão elétrica deve chegar em 2022

Nessa investida pela Rivian, a Amazon agora parece perder a concorrência para a Ford na disputa pela tecnologia da startup. A Ford já detinha uma parcela dessa pequena empresa e acaba de anunciar que vai injetar mais U$ 500 milhões na compra de ações da startup. Ou seja, trata-se de um bom negócio para ter acesso à Rivian que poderá garantir a expertise em baterias de longa duração e design inovador.

Nesse novo mercado de picapes elétricas, a Ford não quer perder a oportunidade de ganhar vantagem no pioneirismo com a Ford F-150 . O desafio é grande porque a picape é líder mundial no segmento e adorada pelos fãs desse tipo de veículo grandalhão. “A versão elétrica da F-150 está em testes finais”, enfatizou o presidente da Ford para os mercados globais Jim Farley.

LEIA MAIS: Veja as inovações que serão apresentadas no Salão de Xangai

chevrolet silverado
Divulgação
Depois de perder a disputa pela Rivian, a GM diz que vai lançar a picape Silverado EV em 2021

A General Motors, que estava na briga pela Rivian, diz que mantém seus planos de eletrificação. A centenária marca norte-americana está mudando seu foco para veículos elétricos. “Acreditamos totalmente no futuro dos elétricos", afirmou Mary Barra, presidente mundial da GM. Segundo a executiva, os veículos elétricos serão lucrativos já no início da próxima década. No portfólio da empresa para 2021 está a picape Silverado EV com alta tecnologia.

Conectividade desde a concepção

tesla
Divulgação
Tesla inova mais uma vez com interatividade nas redes sociais para sabera visão dos donos de picapes

Nos Estados Unidos, a Rivian vem sendo considerada uma concorrente da pioneira Tesla no desenvolvimento de elétricos. Além da picape, a startup também trabalha num SUV elétrico.

A Tesla, por sua vez, deu mais um passo em direção a sua picape elétrica, prevista para 2021. Recentemente, realizou uma sessão no Twitter com seus seguidores para listar recursos que são importantes na visão dos donos de picapes. É o que se pode afirmar: conectividade desde a concepção!

LEIA MAIS: Veja como será a reciclagem de baterias com aumento da frota de carros elétricos

A empresa diz que a picape terá dois motores elétricos, suspensão independente, tração nas quatro rodas e uma autonomia de 800 km, além peculiaridades como uma conexão de 240 volts para ferramentas pesadas e até mesmo um compressor de ar.

Primeira elétrica no Brasil

jac t8
Divulgação
Ainda sem muito detalhes sobre o lançamento, a JAC diz que vai trazer a primeira picape elétrica derivada da T8

No Brasil, a chinesa JAC promete trazer a primeira picape elétrica no próximo ano. Trata-se de uma picape média que, na China, é conhecida como JAC T8 . Na verdade é uma linha de picapes com versões elétrica e convencional turbodiesel. O modelo elétrico terá uma autonomia de 350 km, acelera de 0 a 50 km em cinco segundos e tem capacidade de carga de uma tonelada.

As picapes elétricas e outros da categoria fazem parte de decisões inteligentes de médio e longo prazos, enquanto algumas montadoras tradicionais insistem em lançar no Brasil picapes e SUVs de alta potência para poucos que não se importam em gastar muito combustíveis fósseis.