Tamanho do texto

Assista ao vídeo com detalhes de ambos os compactos com sistema de transmissão que dispensa o pedal de embreagem

O tempo de carros populares no Brasil, os famosos “pé de boi”, como era chamados os antigos Fuscas pelados e isso se estendeu para todos os modelos bem simples, acabou. Hoje, mesmo os carros de entrada estão muito bem equipados, além das exigências da lei, como airbags e freios com sistema ABS. Os casos de Gol e Ka automáticos são sinais de novos tempos.

LEIA MAIS: Ford Ka SE 1.0: básico, renovado e bem acertado. Confira a avaliação

Duas grandes marcas, Ford e Volkswagen, que vendem grandes volumes de seus modelos mais populares, Ka e Gol, acabam de lançar versões com câmbio automático, o que era imprevisível há bem pouco tempo. O consumidor brasileiro também está mudando. Antes, câmbio automático só em carros premium, pois a diferença de preço era muito grande. Mas, com a popularização do equipamento, os preços vão caindo e a diferença já não é mais tão significativa, dai os lançamentos de Gol e Ka automáticos.

Com isso, o comprador começa a preferir a vantagem de um câmbio automático, que torna a direção muito mais confortável, principalmente nos centros urbanos onde o trânsito é caótico. E estes dois novos compactos, Ka e Gol (e também o sedan Voyage), são modelos bem urbanos e que agora disponibilizam esta tecnologia.

 A Ford apresentou a linha completa do Ka 2019, que chega ao mercado este mês depois da exibição antecipada da versão aventureira FreeStyle no começo do ano. Tanto o hatch como o sedã trazem inovações no estilo, desempenho, segurança, conforto e conectividade, ampliando a oferta de versões e equipamentos. Esta renovação abrangente mostra a disposição da marca de reforçar a sua presença no principal segmento da indústria: em 2018, o Ka se consolidou como vice-líder de vendas no Brasil com os modelos hatch e sedã.

LEIA MAIS: Já demos uma volta no Ford Ka Sedan com novo motor 1.5 e câmbio automático

 Além da transmissão automática de seis velocidades, oferecida pela primeira vez na linha, o Ka tem agora a opção do motor 1.5 Ti-VCT Flex, de três cilindros – com 136 cv, o mais potente do segmento –, ao lado do avançado 1.0 Ti-VCT. Central multimídia SYNC 3 com tela flutuante de 6,5 polegadas, seis airbags, bancos de couro, botão de partida Ford Power, câmera de ré e sensor de estacionamento também integram a lista de novos equipamentos do compacto.

 O design do Ka 2019 ficou mais encorpado, com novas grades, para-choques com grafismo em “C” e outros aprimoramentos que aumentaram a sua eficiência aerodinâmica. O interior também exibe um acabamento mais caprichado, com novos materiais de revestimento, texturas e cores que criam um ambiente agradável e de personalidade para cada série.

A linha oferece sete opções de cores modernas e elegantes: as sólidas vermelho Arpoador e branco Ártico, a metálica prata Dublin e as perolizadas cinza Moscou, cinza Copenhagen, preto Bristol e marrom Trancoso, esta última exclusiva do FreeStyle.  Com várias inovações tecnológicas, o novo motor 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros do Ka tem a maior potência e torque específicos do segmento. Desenvolve uma potência de 136 cv, torque de 16,1 kgfm e entrega 89% da força máxima a apenas 1.500 rpm, o que se traduz em agilidade no trânsito e nas retomadas.

 A nova transmissão automática de seis velocidades, com conversor de torque integrado, tem um funcionamento suave, silencioso, eficiente. Ela conta com recursos avançados, incluindo a opção de trocas manuais na alavanca. A transmissão manual que equipa a linha também é nova. Mais leve e compacta, se caracteriza pela alta precisão, economia e baixo nível de ruído.

Enfim, o Gol ganha câmbio automático

Além dos modelos Gol e Ka automáticos, outro modelo
Divulgação
Além dos modelos Gol e Ka automáticos, outro modelo "popular" que passa a ter esse tipo de câmbio é o Voyage

A Volkswagen segue em ritmo acelerado no mercado brasileiro, e prova disso é a velocidade com que avança na maior ofensiva de produtos de sua história, com 20 lançamentos até 2020. Agora, a novidade vem da linha 2019 dos modelos Gol e Voyage, que passam a contar com o câmbio automático, de 6 marchas. É a primeira vez que estes dois modelos, de entrada, contam com esta tecnologia. 

Entre as principais características desse câmbio automomático estão a troca de marchas rápida, suavidade nas arrancadas e nível de conforto. Projetado para carros com motores transversais, o novo câmbio conta com bloqueio de conversor de torque em diversas condições de uso, auxiliando na redução de consumo.

 As trocas também podem ser feitas pelo modo manual sequencial tiptronic, pela própria alavanca de câmbio ou pelas aletas atrás do volante. Também tem o modo esportivo, que altera os momentos das trocas de marchas, garantindo aceleração mais rápida e comportamento mais dinâmico. Tanto no Gol quanto no Voyage o câmbio automático de seis marchas está associado ao motor 1.6 MSI, o mesmo que equipa Polo e Virtus, com 120 cavalos de potência, com etanol.

LEIA MAIS: Volkswagen Gol e Voyage ganham nova dianteira na linha 2019

 Além do conjunto mecânico, Gol e Voyage 2019 também trazem novidades em termos de design. O capô está mais elevado, com duas linhas que se conectam aos faróis maiores. O conjunto ótico é caracterizado pelo formato retangular e o recorte diferenciado do capô.

 O para choque traz entradas de ar na parte inferior e linhas geométricas bem definidas e de aspecto esportivo, enquanto os faróis de neblina são envolvidos por uma moldura preta. E também trazem no painei a tela sensível ao toque, de seis polegadas e meia.

 O interior de Gol e Voyage é marcado pelo painel que segue o padrãohorizontal, e que ainda ganha destaque nas cores e grafismos. Os dois modelos são produzidos na fábrica da Volkswagen em Taubaté e chegam para reforçar o time de carros automáticos da marca, ampliando sua presença no segmento. E a linha 2019 de Gol e Voyage chega em versão única de acabamento, seguindo a simplificação de oferta de versões que vem sendo aplicada pela Volkswagen. Assista ao vídeo acima com detalhes e Gol e Ka automáticos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.