Kawasaki arrow-options
Guilherme Marazzi
A cor verde Vintage Lime e a carenagem de farol caracterizam a Kawasaki Z900RS Café

Vemos muitas motocicletas de estilo retrô rodando por aí, algumas até com seu motociclista vestido a caráter, mas a dúvida sempre fica: será que ele conhece a história da motocicleta original, que baseou a sua versão moderna? No caso da Kawasaki Z900RS Café, conhecer a história da Kawasaki Z1, a motocicleta que surpreendeu o mundo em 1972, poderá tornar o passeio bem mais interessante.

LEIA MAIS: Kawasaki Z400, pilotagem tão tranquila quanto agressiva

Tudo começou em 1968, quando a Honda apresentou no Salão de Tóquio a CB 750 Four, a primeira quatro cilindros de grande sucesso comercial e que virou a página da indústria motociclística mundial de então. Na surdina, a Kawasaki recuou com o projeto praticamente pronto de sua 750 de quatro cilindros para, alguns anos depois, lançar a Z1, também conhecida, em alguns mercados, como Kawasaki Z900 . Mais moderna, mais potente e mais veloz, a Z1 ofuscou o reinado da Sete Galo, só não a destronou porque chegou depois e também porque era bem mais cara que a concorrente.

LEIA MAIS: Honda CB 500: as virtudes de uma família unida

Mais de seus detalhes

Kawasaki arrow-options
Guilherme Marazzi
A mecânica é a mesma da Z900 RS, motor de quatro cilindros de 109 cv

A releitura da Kawasaki Z1 de 1972 é a Z900RS, mostrada no Salão Duas Rodas de 2017 e lançada pouco tempo depois. À parte dos componentes atuais, como a suspensão traseira monoamortecida, a injeção eletrônica, item obrigatório em motocicletas atuais, e todos os sistemas eletrônicos, o visual retrô da Z900RS surpreendeu pela fidelidade com o modelo original. E a sua vesão café , com uma pequena carenagem de farol, banco ligeiramente mais esportivo, guidão um pouco mais alto e escapamento de acabamento escovado, apesar de se diferenciar da motocicleta dos anos 70, tem o charme das café racer que conquistaram os motociclistas da atualidade.

LEIA MAIS: Uma Harley-Davidson ligada na tomada

Com a clássica cor verde Vintage Lime das Kawasaki e com o motor preto refrigerado a água, porém com aletas imitando o refrigerado a ar original, a Kawasaki Z900RS Café começa a entusiasmar pela aparência, mas acaba conquistando pela dirigibilidade. Leve e fácil de ser conduzida, a Café é também confortável e prima pela suavidade extrema de funcionamento de seu motor. Tem controle de tração, dois modos eletrônicos de condução e painel completo, com mostradores eletrônicos analógicos. A Kawasaki Z900RS Café custa R$ 49.990.

    Veja Também

      Mostrar mais