Tamanho do texto

Hatch passa a ter nova configuração automatizada, por R$ 55.990. Motor 1.0 turbo, de 125 cv, do Fiesta também tem versão mais simples

Ford Fiesta SE Plus AT , antes disponível apenas para vendas diretas passa a estar disponível para o público em geral
Divulgação/Ford
Ford Fiesta SE Plus AT , antes disponível apenas para vendas diretas passa a estar disponível para o público em geral

A Ford prepara uma mudança para o Fiesta, que será aplicada no segundo semestre, adotando o mesmo desenho da nova geração do hatch, lançada recentemente na Europa. Enquanto isso, a marca tenta desovar o polêmico câmbio automatizado Powershift, com a introdução de duas novas versões do compacto: a SE Plus AT, por R$ 55.990; e a SEL EcoBoost AT, vendida por R$ 66.090.

LEIA:  Ford prepara Fiesta renovado e Mustang 2018 para o Brasil. Saiba mais detalhes

A versão mais em conta com a caixa Powershift do Fiesta   é a SE Plus AT, que antes estava disponível apenas para vendas diretas. Usa o motor 1.6, de 128 cv e 16 kgfm de torque, com etanol. É equipado com ar-condicionado, direção elétrica, travas vidros e retrovisores elétricos, controle eletrônico de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, alarme, sistema multimídia Sync e computador de bordo.

Antes das mudanças no desenho, o Fiesta EcoBoost passará a ter versões mais em conta disponíveis no mercado
Divulgação/Ford
Antes das mudanças no desenho, o Fiesta EcoBoost passará a ter versões mais em conta disponíveis no mercado

A outra configuração é a SEL EcoBoost , finalmente oferecendo o premiado 1.0 turbo, de três cilindros, 125 cv e 17,3 kgfm em uma opção mais simples – até então, estava disponível apenas na versão topo de linha Titanium Plus, por salgados R$ 73.990. Por R$ 66.090, o Fiesta SEL EcoBoost ganha ar-condicionado digital, faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro e rodas de liga leve de 15 polegadas. Perde os seis airbags adicionais (laterais, de cortina e de joelho para o motorista), chave presencial, sensores crepuscular e de chuva, retrovisor fotocrômico e as rodas aro 16”.

LEIA MAIS:  Ford começa a fabricar nova geração do Fiesta na Alemanha

Fiesta renovado

No segundo semestre, a Ford irá lançar o Fiesta com uma reforma. Ao invés de trocar de geração, como na Europa, o modelo nacional passará por uma reestilização que o deixará com o mesmo design que a nova versão europeia. Também receberá importantes mudanças em seu conjunto mecânico, aposentando tanto o motor 1.6 quanto a transmissão automatizadas Powershift .

LEIA MAIS:  Ford Fiesta EcoBoost encara VW Golf TSI em briga por eficiência

O câmbio automatizado será descontinuado pela Ford, começando pelo EcoSport, que chega às concessionárias no final de julho, substituído por uma caixa automática de seis marchas. Já o motor 1.6 Sigma do Fiesta será trocado pelo novo 1.5 Dragon, um tricilíndrico ,de 137 cv e 16,2 kgfm, que também estreia no SUV renovado. Por fim, dará fim ao uso da ultrapassada central multimídia Sync, adotando o sistema Sync 3, com tela sensível ao toque.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.