Tamanho do texto

Novo utilitário esportivo da marca chinesa é fabricado no Brasil e parte de R$ 86.990 com motor 1.5 turbo de 150 cv e câmbio de seis marchas

Chery Tiggo 5X começa a ser vendido no Brasil no segmento mais disputado hoje em dia nas lojas
Divulgação
Chery Tiggo 5X começa a ser vendido no Brasil no segmento mais disputado hoje em dia nas lojas

Conforme anunciado durante o Salão do Automóvel 2018, o novo Chery Tiggo 5X chegará às concessionárias ainda na segunda quinzena de dezembro por preços que começam em R$ 86.990 (na versão T, básica), chegando aos R$ 96.990 no modelo mais caro. Trata-se do terceiro lançamento da marca sob a asa do Grupo Caoa, considerando que o Tiggo 2 é vendido desde o primeiro semestre e as primeiras unidades do sedã Arrizo 5 que chegaram às lojas ainda no fim de novembro.

LEIA MAIS: Tiggo 2, 4 e 7 mostram que o rei dos SUVs ataca novamente

Com 4.33 metros de comprimento, 1,8 m de largura e 2,6 m de entre-eixos, o Chery Tiggo 5X chegará com um preço competitivo para disputar com as versões mais equipadas de Honda HR-V, Jeep Renegade e Hyundai Creta. Vale lembrar que a abordagem dos carros chineses é de sempre trazer “menos por mais”. Ou seja, um pacote completo pelo preço de veículo de entrada. Com o Chery Tiggo 5X , a história não é diferente.

A versão T, a mais barata disponibilizada pela Caoa, traz desbloqueio das maçanetas e partida de forma presencial. Dessa forma, o motorista não precisa retirar a chave do bolso para abrir as portas ou dar a ignição. Desde o modelo básico, os passageiros do banco traseiro também poderão contar com saídas de ar, ainda que não possua controles climáticos independentes. A central multimídia de nove polegadas com opção de espelhamento para celulares também é item de série, integrando os comandos do ar-condicionado. Por fim, freio elétrico com assistente de partida em rampa completa o pacote.

Mais detalhes do Chery Tiggo 5X


O modelo mais caro, TXS, acrescenta teto solar panorâmico, rodas de 18 polegadas, faróis de neblina e luz de cortesia na porta do motorista. Os bancos são revestidos em couro, e no caso do assento do motorista, conta com ajustes elétricos. São seis alto-falantes espalhados por toda a cabine, contando com aribags frontais e de cortina

LEIA MAIS: Chery Tiggo 2, o primeiro chinês do CAOA, é lançado por R$ 59.990

O Tiggo 5X trará a mesma motorização do Arrizo 5. Ou seja, o motor 1l5 turbo de 150 cv de potência (no etanol) e 21,4 kgfm de torque. No caso do SUV, será associado ao câmbio automático de dupla embreagem e seis velocidades.

Em sua nova etapa no Brasil, a Caoa Chery conta com duas fábricas: uma em Anápolis (GO) e outra em Jacareí (SP). Em Goiás, os modelos Tiggo 5X, 7 e 8 serão fabricados em conjunto com Hyundai Tucson, ix35, New Tucson e HR. De acordo com a Caoa, o complexo tem capacidade para produzir 30 mil unidades por turno.No caso do complexo industrial de Jacareí, sairão os modelos Tiggo 2 e Arrizo 5. Vale lembrar que a planta foi a que mais contratou novos funcionários entre todas as fabricantes que atuaram no Brasil em 2018, com crescimento de 50% no número de empregados em relação ao ano passado.

LEIA MAIS: Caoa Chery terá três novos SUVs fabricados no Brasil no ano que vem

Junto do Chery Tiggo 5X , chega às lojas o Arrizo 5, por preços a partir de R$ 65.990. A marca se diz confiante com a categoria dos sedãs compactos, que demonstrou novo fôlego com a chegada dos modelos Volkswagen Virtus e Fiat Cronos no primeiro semestre. Para enfrentar as versões mais caras, a Chery contará com o modelo RXT, que deixa as concessionárias por R$ 72.990.


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.