Tamanho do texto

Versão que poderá ser fabricada em série deverá ser maior que a conceitual, mostrada no Salão de Milão (Itália), em novembro último

Royal Enfield Concept KX: protótipo poderá ser feito em série, mas ainda é apenas um modelo conceitual
Divulgação
Royal Enfield Concept KX: protótipo poderá ser feito em série, mas ainda é apenas um modelo conceitual

A Royal Enfield pode fabricar uma versão definitiva do protótipo Concept KX que foi mostrado no Salão de Milão (Itália), entre os dias 6 e 11 de novembro, informa o jornal indiano Economic Times. Ainda de acordo com a publicação, pelo menos por enquanto, a fabricante não tem planos para motos grandes, mas que se o modelo conceitual vier a ser feito, será maior do que se viu no evento italiano.

LEIA MAIS: Uma Royal Enfield muito especial. Confira a avaliação

 Conforme a Royal Enfield , antes de entrar no mercado de modelos de 650 cc de cilindrada é preciso estar bem consolidado em versões clássicas. Além disso, a marca não precisa de uma ampla gama de produtos para ter sucesso, apenas alguns que são muito bem aceitos pelo público. Portanto, cada marca segue uma estratégia e a da marca inglesa é essa. 

O Concept KX é uma reedição do clássico modelo KX, de 1936. Entre as principais detalhes que chamam atenção está o alongado tanque de combustível, farol e luzes todas de LED no lugar de lâmpadas convencionais, instrumentação digital, sistema de navegação por satélite, conexão para celular, banco revestido de couro, garfo dianteiro estilizado e amortecedor único na traseira.

De acordo com a Royal Enfield, versão de produção deverá ser maior que o protótipo mostrado no Salão de Milão
Divulgação
De acordo com a Royal Enfield, versão de produção deverá ser maior que o protótipo mostrado no Salão de Milão

Além disso, o protítipo da Royal Enfield vem com estrutura desenvolvida pela Harris Performance e um novo motor de dois cilindros em V que foi concebido no Reino Unido com apoio da Polaris Industries. Chega a desenvolver 90 cv de potência e funciona com câmbio de seis marchas.

Um pouco da história da Royal Enfield

Protótipo da Royal Enfield foi baseado no modelo original KX, de 1936, que aparece na imagem acima
Divulgação
Protótipo da Royal Enfield foi baseado no modelo original KX, de 1936, que aparece na imagem acima

 A Royal Enfield foi fundada em 1901, na cidade de Redditch, na Inglaterra,  produzindo bicicletas, máquinas de cortar grama e motores estacionários. A primeira motocicleta surgiu no mesmo ano, era uma bicicleta com motor localizado na frente do garfo e com uma longa correia o ligando à roda traseira.

LEIA MAIS: A Royal Enfield Redditch faz homenagem à primeira fábrica da marca

A moto Bullet foi lançada em 1932 e é produzida até hoje, durante 85 anos ininterruptos. Desde 1949 a Royal Enfield eram vendidas também na Índia, que na época era uma colônia britânica, e uma grande compra de 800 Bullet pela policia indiana, em 1955, fez com que a empresa inglesa criasse uma subsidiária na Índia, passando a produzir todos os modelos. Essa estratégia se mostrou muito importante depois dos anos 70, quando a marca fechou sua matriz na Inglaterra. 

 Mesmo passando por várias grandes crises, a Royal Enfield na Índia nunca parou sua produção, inclusive exportando seus modelos para a própria Inglaterra e praticamente “renascendo” nos anos 2000. Atualmente, sua produção passou de 50.000 motocicletas em 2000 para 660.000 motocicletas em 2016, com previsão de 900.000 motocicleta para o próximo ano. A operação aqui no Brasil é da própria Royal Enfield , que montou uma subsidiária em São Paulo.

LEIA MAIS: Royal Enfield Continental GT: café instantâneo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.