Tamanho do texto

Lei que obriga todas as motocicletas a adotarem o item de segurança fez versão mais em conta da motocicleta deixar de ser oferecida

Honda NXR 160 Bros é uma das opções de trail da marca japonesa, que acaba de receber os freios combinados
Divulgação
Honda NXR 160 Bros é uma das opções de trail da marca japonesa, que acaba de receber os freios combinados

Assim como foi com a adoção dos airbags e freios ABS obrigatórios para os automóveis, a mudança na legislação que obriga que todas as motos tenham freios ABS ou CBS (freios combinados) está tirando de linha alguns modelos. A Honda NXR 160 Bros básica, que usava freios a tambor, foi um exemplo. Agora a trail mais em conta da marca japonesa é a Bros 160 ESDD, que utiliza freios a disco na frente e atrás, com sistema CBS, por R$ 12.250. Os freios ABS, entretanto, não são ítem opcional.

LEIA MAIS: Yamaha Crosser 150 2019 ganha freios ABS a partir de R$ 12.390

Destaque nacional na categoria das motocicletas trail on/off road, a linha 2019 da Honda NXR 160 Bros , além da adequação com a lei, chega com nova opção de cor e grafismos inspirados nos modelos aventureiros da linha CRF. Além disso, segue equipada com painel digital, bagageiro com alças laterais e farol de policarbonato com refletor multifocal (que aprimora a capacidade de iluminação), envolto na carenagem. A inspiração para o design do modelo veio das motocicletas das competições de motocross, pensadas para lidar com terra, areia e lama.

LEIA MAIS: Sai de linha a Honda CG 125, o veículo mais vendido do Brasil

O que entrega a mecânica da Honda NXR 160 Bros

Honda NXR 160 Bros recebeu mais segurança, novos grafismos, mas segue com a mecânica da linha 2018
Divulgação
Honda NXR 160 Bros recebeu mais segurança, novos grafismos, mas segue com a mecânica da linha 2018

Ao analisar o maior destaque da nova linha, os freios combinados , observa-se que, de fato, aprimora a segurança. Ao acionar o pedal de freio traseiro, aproximadamente 30% de sua carga será direcionada para o eixo dianteiro. Já o seu motor monocilíndrico a ar, de quatro tempos e com comando único de válvulas no cabeçote, atua a partir de balancins coletados. Com isso, de acordo com a fabricante, produz 14,7 cv com etanol e 14,5 cv na gasolina, sempre a 8.500 rpm. O torque é de 1,60 kgfm com etanol e 1,46 kgfm na gasolina, a 5.500 rpm, com a força enviada ao câmbio de cinco marchas.

LEIA MAIS: Honda lança linha 2019 do scooter PCX a partir de R$ 11.620

Além disso, a fabricante diz que o chassi semiduplo de tubos, em conjunto com a suspensão de longo curso, oferece resistência e durabilidade. A NXR 2019 deixará as concessionárias apenas com pneus mistos Pirelli MT60, que suportam qualquer condição de piso. Ante as rivais, além da questão do pós-venda, a motocicleta da Honda deverá seguir atraente pelos atributos de confiabilidade que já fidelizam diversos consumidores por todo o Brasil.

LEIA MAIS: Nova Yamaha Lander chega na 2ª quinzena deste mês por R$ 16.990

Satisfeita com o desempenho da aventureira em vendas, a montadora ressalta que a Honda NXR 160 Bros é a recordista em sua categoria desde que foi apresentada, em janeiro de 2015. De seu lançamento até a metade de 2018, foram exatas 511.588 unidades vendidas. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.