Tamanho do texto

Por R$ 59.990, a novidade da marca britânica, pensada para ser boa na terra e no asfalto, vem com motor bicilíndrico de 90 cv, e mais conectividade

Triumph arrow-options
Divulgação
Triumph Street Scrambler 1200 XE: Traz design que remete as motos esportivas do passado, mas estreia equipamentos

A Triumph acaba de lançar a Street Scrambler 1200 XE no Brasil, por R$ 59.990. É a primeira de outras novidades que chegarão em agosto: a versão XC, que utiliza a mesma base, mas tem características mais voltadas para o asfalto. O destaque do lançamento, entretanto, é a capacidade de rodar no off-road e em vias pavimentadas. Um detalhe especial fica por ser escapamento alto, que passa pelo meio da moto.

LEIA MAIS: Honda X-ADV chega à linha 2019 com novos grafismos e equipamentos

Já o motor da nova Triumph é o mesmo 1200 cc da Bonneville , mas com novos acertos. Com dois cilindros, ele rende 90 cv e 11,21 kgfm. Além disso, conta com acelerador eletrônico que traz 6 modos de pilotagem. Entre outros equipamentos, dispõe de painel TFT, ABS (com atuação em curvas), controle de tração, iluminação de LED, luz diurna de LED, embreagem assistida, chave presencial, manoplas aquecidas, controle de velocidade de cruzeiro e entrada USB.

Outro ponto interessante da  Street Scrambler é que, pela primeira vez, o recurso de conectividade com câmeras GoPro chega disponível em uma moto. O usuário pode operar o dispositivo por meio de Bluetooth por meio do visor da moto. Além disso, o painel conta com um sistema de navegação desenvolvido pelo Google. Ele traz conectividade com aparelhos Android e iOS, onde um aplicativo da montadora pode ser baixado.

LEIA MAIS:  Kawasaki Z400 chega em agosto com motor e equipamentos da última geração

Outra novidade da Triumph no Brasil

Triumph arrow-options
Divulgação
Triumph Bonneville T120 Ace: Edição limitada, além da exclusividade, traz o espírito dos áureos tempos do motociclismo

A nova Triumph Bonneville T120 Ace, de edição limitada, acaba de chegar ao Brasil, por R$ 50.600. O modelo celebra a primeira geração de motos café racers e o Ace Café, de Londres, o lar do motociclismo britânico clássico. No mundo, serão feitas apenas 1.400 unidades, cada uma delas com certificação numerada e assinada, mas a marca não divulgou quantas serão destinadas à Zona Franca de Manaus, onde a moto será montada.

A edição especial tem como base a Triumph Bonneville T120 Black, e traz como diferenciais a pintura e grafismos exclusivos, tampas de entrada, logo da marca, assento na cor preta, para-choque traseiro mínimo — com o kit de remoção de acessório homologado pela própria fabricante — e indicadores de LED. Também adotou uma faixa com estilo de corrida em um tom de cinza fosco.

LEIA MAIS: Yamaha R3 2020 chega renovada, com novo visual e equipamentos

Além disso, conforme o gosto dos puristas e nostálgicos, traz mostradores duplos no painel de instrumentos. Além disso, vem com menu digital, recurso que abriga dados de condução que podem ser acessados, segundo a marca, com bastante facilidade. Sua parte mecânica, por outro lado, não teve mudanças em relação à T120 Black convencional. A Triumph segue equipada com o motor dois cilindros, de 1.200 cc que rende 80 cv e 10,7 kgfm. O câmbio tem seis marchas, traz controle de tração e dois modos de condução (Rain e Road).