Tamanho do texto

Novidade virá equipada com os mesmos itens da DK 150 S lançada em julho e deverá custar abaixo dos R$ 10 mil. O motor maior, de 160 cc, é o diferencial

Haojue DK arrow-options
Divulgação
Haojue DK 160: Novidade vai estrear a nova motorização e levar a tecnologia da atual topo de linha

A Haojue — marca de baixo custo da Suzuki — acaba de confirmar a chegada da DK 160 para o ano que vem. Mesmo que a fabricante ainda não tenha confirmação de preço e uma data específica para o lançamento, sabe-se que ela tomará como base a versão de topo atual DK 150 S FI, que chegou ao mercado em junho por R$ 8.898. Pela diferença de preço de quase mil reais em relação à versão convencional, a Haojue DK 160 não passará dos R$ 10 mil.

LEIA MAIS: Yamaha MT-03 surge renovada e com mais tecnologia para a linha 2021

Haojue DK arrow-options
Divulgação
Painel digital de LCD com indicador de marcha, novos grafismos e injeção eletrônica estão entre os equipamentos

A partir das novidades que a “irmã” 150 topo de linha trouxe este ano, a Haojue DK 160 terá o sistema de injeção eletrônica FI, que deixa a moto mais eficiente e econômica. Além disso, virá com os novos grafismos que refletem a atual identidade visual da marca. A partir de seu lançamento, pretende oferecer melhor custo-benefício ante rivais como a líder Honda CG 160.

LEIA MAIS: Nova Honda trail de entrada será apresentada com visual descolado

Haojue DK arrow-options
Divulgação
Motor deverá equipar mais motos em um futuro próximo

Além dos freios combinados CBS (obrigatório por lei), mais novidades incluem o painel multifuncional de LCD, que possui indicador de marcha. Vale lembrar que a nova motorização 160 cc não só equipará a DK 160, como poderá ser colocada em outros modelos da marca, e também ser o ponto de partida para o surgimento de mais lançamentos futuramente.

Nova Suzuki de entrada

Suzuki Gixxer arrow-options
Divulgação
Versões naked e carenada trazem componentes da GSX 250R, vendida no exterior

A empresa “mãe” Suzuki — que hoje se coloca como uma marca de padrão mais elevado no Brasil — acaba de revelar as novas esportivas de baixa Suzuki Gixxer 250 (naked) e Gixxer SF 250 (carenada). Serão apresentadas em Milão (no Salão EICMA), e no Salão de Tóquio (Japão), onde já iniciará as suas vendas. Fariam todo o sentido no Brasil, para concorrer com Yamaha R3 e MT-03, Honda CB 300R e companhia. Entretanto, a fabricante disse à redação do iG Carros que ainda não sabem se as novidades virão.

LEIA MAIS: Honda CB 250F Twister 2020 acaba de chegar às lojas, com novas cores e grafismos

Suzuki Gixxer arrow-options
Divulgação
Suzuki Gixxer naked, com o mesmo conjunto mecânico, mas que promete mais praticidade para um uso urbano

Elas são derivadas da GSX 250R vendida no exterior, mas recebem chassi, motor, rodas, suspensão e freios atualizados. Em sua renovação, ganham nova carenagem (na versão SF), farol de LED e guidão mais baixo. Além disso, contará com uma versão especial, com design que replica as cores da equipe da Suzuki na MotoGP.

Suzuki Gixxer arrow-options
Divulgação
Edição especial, com as cores que fazem tributo ao modelo da Suzuki que compete na MotoGP

Já o motor, por sua vez, é monocilíndrico de quatro tempos, com refrigeração a óleo e 4 válvulas, que gera 26 cv e 2,3 kgfm e entrega o movimento através do câmbio de seis marchas. Com o tanque cheio, seu peso é declarado em 161 kg e cai para 156 kg na versão naked. Vamos aguardar por mais novidades dela e da Haojue DK 160 .