Kawasaki Ninja ZX 25-R verde
Divulgação
Kawasaki ZX-25R é a menor esportiva da marca, mas com desempenho que deve empolgar os fãs da marca japonesa

A Kawasaki acaba de revelar no Salão de Tóquio (Japão) a ZX-25R, nova esportiva carenada de entrada. Com motor de 250 cc e quatro cilindros, chega abaixo da Ninja 400, que custa R$ 24.990 no Brasil. Ainda sem muitas especificações técnicas declaradas, a maior novidade fica por conta da eletrônica que auxilia na condução, com itens como controle de tração, modos de potência e quickshifter. A redação do iG Carros entrou em contato com a marca para saber se virá ao Brasil, mas ainda não tem previsões.

LEIA MAIS: Kawasaki Ninja ZX-10R SE 2020 chega com desempenho mais refinado

Se vier, terá que ser mais em conta que a Yamaha R3 (R$ 23.990), rival direta da Ninja 400, que custa R$ 1.000 a mais. A nova Kawasaki ZX -25R , embora posicionada abaixo, não deverá deixar a desejar no desempenho quando comparada às “irmãs”.

Isso uma vez que, além da eletrônica, é montada sobre um chassi de treliça, suspensão dianteira Showa de garfo invertido, amortecedor traseiro horizontal e freio dianteiro com pinça monobloco radial. Enquanto isso, a potência que se especula no exterior — antes da Kawasaki revelar mais informações — é de 60 cv (mais que os 48 cv da Ninja 400 vendida no Brasil).

LEIA MAIS:  Kawasaki Ninja ZX-6R 2019: projetada para o máximo de desempenho




Esportiva de entrada, ainda mais em conta, da rival Yamaha

Yamaha MT-125 branca
Divulgação
Yamaha MT-125 é a rival da Kawasaki ZX 25-R, com a qual promete travar um duelo acirrado nas pistas

Outra grande revelação para os amantes das esportivas é o surgimento de uma opção ainda mais em conta para a Yamaha R3 . Batizada de MT-125, vem equipada com o motor de 125 cc da esportiva carenada YZF-R125, que apesar de ser menor que o da Factor 150 e Fazer 150, consegue entregar ainda mais rendimento — conforme a sua proposta mais esportiva, que também agrega equipamentos mais modernos. A redação do iG Carros também falou com a Yamaha para saber se vem ao Brasil, mas ainda não confirmaram.

LEIA MAIS: Yamaha MT-125 é revelada e se torna a esportiva mais em conta, abaixo da MT-03

Caso venha ao mercado brasileiro, deverá custar mais que os R$ 11.190 cobrados pela Yamaha Fazer 150. Isso porque estréia novos equipamentos da recém apresentada MT-03, além de que seu motor monocilíndrico de 124,7 cc desenvolve 14,8 cv e 1,25 kgfm — mais que os 12,4 cv e 1,3 kgfm do 150 cc da Fazer.

Se vier, não teria rivais diretos, mas não poderia custar perto de modelos como a Honda CB 250F Twister (R$ 15.490), que tem 22,4 cv e 2,25 kgfm, ou a “prima” Yamaha Fazer 250 ABS (R$ 15.790), com 21,5 cv e 2,1 kgfm.

O visual segue a linha da “irmã” maior Yamaha MT-03 , já na nova geração que chegou este mês. Entre os destaques, estão o farol duplo de LED, silhueta alongada, cores e grafismos na linguagem visual das nakeds esportivas e um painel de LCD.

LEIA MAIS: Yamaha MT-03 surge renovada e com mais tecnologia para a linha 2021

Além disso, vem com suspensão de garfo invertido de 41 mm na dianteira e braço oscilante na traseira, freios de 292 mm na frente e 220 mm atrás. além de uma nova embreagem assistida deslizante, projetada para facilitar e suavizar as trocas de suas seis marchas e rivalizar com a Kawasaki ZX 25-R .

    Veja Também

      Mostrar mais