Tamanho do texto

Chamada de Hypersport, é feita junto com a BlackBerry, quem ajudou a criar sistemas inéditos de segurança. Sua autonomia chega aos 480 km

Moto arrow-options
Divulgação
Damon Motorcycles une zero emissões às novas tecnologias que aprimoram o desempenho e a segurança

A Damon Motorcycles divulgou detalhes da Hypersport, moto elétrica que tem como principal destaque o sistema CoPilot, desenvolvido em parceria com a BlackBerry.
O sistema monitora o que acontece ao redor da moto e emite alertas para o piloto, que assim pode evitar eventuais acidentes de trânsito.

LEIA MAIS: Yamaha XSR 900: versão conceitual é capaz de atingir 100 km/h em 3 segundos

As primeiras 25 unidades da Damon MotorcyclesBlackBerry Hypersport terão o nome Hypersport Premier e contarão com itens exclusivos, como freios Brembo e suspensão Öhlins, além de balança monobraço de fibra de carbono. Esta versão custa US$ 39.995 (R$ 162.060) em conversão direta.

Em seguida, a moto elétrica  se chamará Hypersport HS e não terá os três itens mencionados no parágrafo anterior, mas vai contar com os sistemas CoPilot e Shift como itens de série. A pré-venda do modelo deve ser iniciada na próxima semana e os preços partem de US$ 24.995, aproximadamente R$ 101.800 em conversão direta.

LEIA MAIS: Honda e Yamaha revelam novas motos elétricas

Além disso, a ergonomia de ambos os modelos podem ser ajustada eletronicamente. Através de um botão no sistema Shift, a altura da bolha, assento, manoplas e pedaleiras pode variar entre uma posição mais relaxada, ideal para circular nas cidades, e uma posição esportiva, mais indicada para um track day, por exemplo.

Números e Desempenho

Moto arrow-options
Divulgação
Comportamento da moto chega a ser mais brutal que muitas das supermotos a combustão

Seu motor elétrico produz um total de 202,7 cv e 20,9 kgfm desde os primeiros instantes que o piloto torce o manete. Com esses números, a Damon divulga que a Hypersport acelera de 0 a 60 milhas por hora (96 km/h) em menos de três segundos e alcança velocidade máxima superior a 320 km/h.

LEIA MAIS: KTM divulga teaser que adianta as novas Duke e motores, de 490 cc e 890 cc

Por outro lado, a autonomia da superesportiva da Damon Motorcycles é um dos pontos mais fortes. Em percursos rodoviários, a fabricante diz que a Hypersport pode rodar mais de 320 quilômetros com uma carga. Se o piloto rodar apenas na cidade, essa autonomia supera os 480 quilômetros. Assista ao vídeo da moto abaixo: