Moto Wattman da Voxan Motors recebeu uma série de cuidados na parte aerodinâmica para atingir alta velocidade
Divulgação
Moto Wattman da Voxan Motors recebeu uma série de cuidados na parte aerodinâmica para atingir alta velocidade

A Voxan Motors anuncia que a sua moto Wattman, nas mãos do ex-piloto do GP, Max Biaggi, atingiu surpreendentes 455 km/h n o Kennedy Space Center, na Flórida (EUA), marcando mais um recorde mundial no processo. Com isso, este novo recorde soma aos demais 11 mundiais que a marca francesa já tem seu currículo.


A maior mudança é que a Voxan projetou três conjuntos de carroceria para a nova moto: uma carenagem completa aerodinâmica , uma com a cauda exposta e uma versão  naked . Cada configuração tem seus próprios prós e contras, mas a chave é que agora eles têm uma configuração para todos os tipos de condições de vento.

Sob a carenagem está um novo braço oscilante mais longo, que aumentou a distância entre eixos em 107 mm para 1957 mm. Isso era essencial para manter o manuseio seguro com a nova velocidade.


Já o assento foi elevado em 65 mm e deu ao Max Biaggi um encosto mais plano para ajudar na aerodinâmica . Já a potência bruta soma mais 67 cv (429 cv ao todo), enquanto o torque máximo é agora espantosos 138,67 kgfm, mais do que o de alguns caminhões feitos para levarem carga pesada.

Leia Também


O novo motor é alimentado por uma nova bateria 48 kg mais leve do que a unidade antiga, enquanto os pneus da Michellin contém especificações semelhantes às do MotoGP para lidar melhor com a dinâmica da moto.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários