Tamanho do texto

Conceitual é feito para entregar tecnologia e conforto. A partir dele, sete outros novos modelos com inteligência artificial serão lançados até 2022

A Nissan revelou no Salão de Detroit 2019 o conceito IMs, que é considerado pela marca um "sedã esportivo elevado". Foram utilizadas rodas de 22 polegadas e maior vão livre do solo para tornar o carro um misto entre sedã e SUV. “Esse conceito IMs é o mais recente exemplo de como vislumbramos o futuro da mobilidade enquanto caminhamos em direção ao nosso objetivo de zero emissões e zero fatalidades na estrada. É um estudo avançado em proporções progressivas, que resultou no nascimento de um segmento totalmente novo de veículos: sedã esportivo elevado e eletrificado””, segundo Denis Le Vot, vice-presidente do Comitê de Gerenciamento da Nissan América do Norte.

LEIA MAIS: Subaru lança versão de 341 cv do WRX STI no Salão de Detroit 2019

Com tração integral e tecnologia autônoma, que permite ao veículo andar sozinho, o Nissan IMs trabalha com dois motores elétricos — um na dianteira e outro na traseira — e chega à potência máxima de 483 cv e 81,57 kgfm. De acordo com a montadora no Salão de Detroit 2019 , o veículo possui uma autonomia máxima de 610 quilômetros. “Faz sentido que a primeira montadora a lançar um elétrico para o mercado de massa traga o futuro do sedã esportivo elétrico de alto desempenho”, ainda segundo Le Vot.

Está entre os conceituais mais futuristas do Salão de Detroit 2019. Sobre ele, estão altas expectativas sobre o futuro
Divulgação
Está entre os conceituais mais futuristas do Salão de Detroit 2019. Sobre ele, estão altas expectativas sobre o futuro

No modo manual, o conceito promete bastante conforto durante as viagens, evidente pelo sistema de direção totalmente autônoma. Além disso, traz tecnologias de inteligência artificial voltada aos ocupantes, evidente pelo sistema multifuncional no console, que é capaz de interagir, por voz, além de oferecer entretenimento à bordo. Apesar de nada estar certo quanto à sua chegada no mercado, a Nissan estima que, se vier de fato, estará nas lojas em 2022, junto com outros sete novos modelos.

LEIA MAIS: Novo Toyota Supra é finalmente apresentado no Salão de Detroit 2019

Outro Nissan IM no Salão de Detroit 2019

Além do crossover do Salão de Detroit 2019, há outro da família, desta vez um SUV
Newspress
Além do crossover do Salão de Detroit 2019, há outro da família, desta vez um SUV

Se o IMs é pensado para entregar tecnologia de última geração em prol do conforto, o IMx pretende fazer o mesmo, mas desta vez pela robustez. O SUV conceitual já foi atração do Salão de Tóquio (Japão), revelando traços do que podemos esperar para o próximo Qashqai, entretanto, chega em Detroit com alguns detalhes estéticos renovados. Trata-se da aposta da marca japonesa contra o Tesla Model X, que faz muito sucesso nos Estados Unidos.

O Nissan IMx (as primeiras letras representam Intelligent Mobility) mostrado em 2017 era o crossover ecológicamente correto com dois motores elétricos; um em cada eixo. Combinados, ambos desenvolvem 429 cv, com capacidade para percorrer mais de 600 km. Depois do Salão de Tóquio, a marca também brincou com a tecnologia autônoma, onde o volante do IMx é recolhido para dentro do painel e os bancos se ajustam automaticamente em uma posição mais confortável para os passageiros.

LEIA MAIS: Ford e Volkswagen oficializam parceria global

Interior é feito para ser aconchegante pelos sistemas que proporcionam conforto — o que atrai o Salão de Detroit 2019
Divulgação
Interior é feito para ser aconchegante pelos sistemas que proporcionam conforto — o que atrai o Salão de Detroit 2019

O Xmotion mostrado em São Paulo — que nada mais é do que o próprio IMx em sua versão “ocidentalizada” — traz a fusão entre as tradições japonesas e o estilo ocidental, de acordo com Alfonso Albaisa, vice-presidente de design global da marca. "Com o Xmotion concept, nos inspiramos na estética e na arte japonesa, que vem sendo transmitida de geração para geração, para criar uma impressão visual atemporal", diz o executivo.

O SUV do Salão de Detroit 2019 traz linhas minimalistas, mas futuristas, conforme a sua tecnologia
Divulgação
O SUV do Salão de Detroit 2019 traz linhas minimalistas, mas futuristas, conforme a sua tecnologia

No interior, encontra-se a configuração de assentos do tipo 4+2, com três fileiras de bancos individuais posicionados lado a lado. Ainda de acordo com a marca, o design do interior do Xmotion Concept é pensado para acomodar dois casais, um em cada fileira, bem como duas crianças ou animais de estimação na terceira fileira. Conta com assoalho plano na cor vermelha, que confere uma atmosfera contrastante com a cor branca dos estofamentos e acabamentos das portas, bem como ajuda a ressaltar a madeira do painel e do console central.

LEIA MAIS: Ford revela Mustang Shelby GT500 no Salão de Detroit, o mais potente da história

Além disso, sete displays digitais — três maiores no centro e dois pequenos nas laterais do painel, outro no teto exibindo as imagens dos retrovisores e um sétimo no console central — lembram que o carro, tal como o modelo do Salão de Detroit 2019 , tem sua raiz no futuro, também evidente pela forma que são comandados, através de gestos, voz e movimentos oculares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.