Tamanho do texto

Modelo de 462 cv, que acelera até 100 km/h em 4 segundos, une o passado ao futuro e adiantará as tendências tecnológicas para os futuros Peugeot

Peugeot e-Legend mistura o passado e o futuro, que deverá cativar o público do Salão de Paris
Divulgação
Peugeot e-Legend mistura o passado e o futuro, que deverá cativar o público do Salão de Paris

A Peugeot revelou o conceitual e-Legend, um cupê elétrico feito para homenagear o clássico 504 Coupé, esportivo lançado na década de 1960 com design feito pela Pininfarina. A revelação antecipa a estreia do carro, que acontece no Salão de Paris, entre os dias 4 e 14 de outubro.

LEIA MAIS: Novo SUV francês DS 7 Crossback terá versão híbrida no Salão de Paris

Apesar de contar com estilo futurista, o elétrico se inspira nas linhas do 504 original com faróis duplos, frente e linhas quadradas, além de grade falsa. Tal como nos Peugeot modernos, a lanterna traseira é repartida e conta com design similar. O modelo aproveitará o Salão de Paris para ditar a linguagem de design dos carros elétricos e autônomos da marca francesa daqui para frente.

Segundo Jean-Philippe Imparato, diretor da Peugeot: “O Peugeot e-Legend Concept não é apenas um manifesto tecnológico, é a visão da marca. A Peugeot se volta efetivamente para um futuro otimista e extremamente desejável. Para nós, autônomo e elétrico são sinônimos de sensações ainda mais intensas. O tédio nunca fará parte de nosso DNA”.

Um dos mais tecnológicos do Salão de Paris

Ainda não se sabe se haverá a sua versão de produção, entretanto, a fabricante reforça a atenção sobre seu trem de força, que trabalha em conjunto com tecnologia autônoma avançada. Dados oficiais apontam para uma bateria de 100 kWh, capaz de providenciar uma autonomia de 600 quilômetros. Além disso, o modo rápido de recarga lhe permitirá rodar até 498 quilômetros depois de uma carga de apenas 25 minutos.

LEIA MAIS: PSA tira de linha os modelos de esportivos de luxo DS4 e DS5

O protótipo mede 4,65 m de comprimento, 1,93 m de largura, 1,37 m de altura, 2,69 m de entre-eixos e gera números de super esportivos com relação à potência. No total, são 462 cv e 81,5 kgfm. A força é encaminhada pelo câmbio (ainda não revelado) para todas as rodas. O resultado é uma aceleração até 100 km/h em menos de quatro segundos e uma velocidade máxima de 220 km/h, segundo a Peugeot.

Com assistência à condução e modo de condução autônomo, o carro elétrico traz um total de quatro. Quando o modo autônomo está selecionado, o motorista pode escolher entre duas opções: "Soft", que prioriza conforto e reduz a atividade das telas digitais, ou o "Sharp", que mantém os displays ativos para todos os ocupantes. No modo convencional (não autônomo), há o modo "Legend", que prioriza a economia de eletricidade e, finalmente, o modo "Boost", voltado para a alta performance.

LEIA MAIS: Citroën DS X E-Tense Concept é a visão da marca para o futuro. Veja o vídeo

O ambiente a bordo do Peugeot e-Legend é totalmente digital e interativo, com um comando de voz geral que reconhece 17 idiomas. O conceito tem 16 telas de tamanhos diferentes, sendo uma de 49 polegadas curvada sob a barra de som diante dos ocupantes, outra de 29 polegadas nas portas e uma em cada quebra-sol, de 12 polegadas. Definitivamente será uma das grandes atrações do Salão de Paris deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.