Tamanho do texto

Com a renovação de produtos no Brasil, marca italiana voltará a ter modelos para resgastar o sucesso da linha Adventure

Projeção do designer Kleber Silva mostra como poderá ficar a nova versão com apelo aventureiro do Fiat Argo
Kleber Silva
Projeção do designer Kleber Silva mostra como poderá ficar a nova versão com apelo aventureiro do Fiat Argo

A linha do hatch Fiat Argo ainda não está completa e deverá incluir uma versão com apelo aventureiro, de acordo com o site Autos Segredos, do jornalista Marlos Ney Vidal. Segundo o que ele apurou, o hatch da marca italiana vai passar a ter a novidade com motor 1.3 Firefly ou 1.8 16V para quem busca por um modelo mais em conta que um SUV e tenha certo apelo fora-de-estrada, seguindo a receita que fez tanto sucesso no Brasil com a linha Adventure a partir do final dos anos 90.

LEIA  MAIS: Fiat Argo vale mesmo a pena? Veja motivos para comprar ou não

Assim que chegar ao mercado, o Fiat Argo aventureiro já vai ter rivais de peso, como Hyundai HB20X, Chevrolet Onix Active e Ford Ka FreeStyle, a partir do segundo semestre. Pelo o que revelam as projecões do designer Kleber Silva, a nova versão do hatch compacto terá itens excluivos, como  faróis auxiliares de milha e neblina embutudos no para-choque dianteiro, que também virá com novas entradas e ar e anteparos para ajudar a compor o visual “off-road”. Ainda entre as novidades, destacam-se detalhes como os faróis com lentes escurecidas, proteções emborrachadas nas laterais e nas abas dos para-lamas e vão livre do solo um pouco mais alto que nas demais versões.

Além da distância livre do solo um pouco maior que as demais versões, modelo deverá ter lanternas escurecidas
Kleber Silva
Além da distância livre do solo um pouco maior que as demais versões, modelo deverá ter lanternas escurecidas

A aceltação desse tipo de carro hoje em dia no Brasil passou a ser questionável depois do grande sucesso dos SUVs e da mudança do perfil dos compradores de automóveis no País, que preferem pagar até um pouco mais por algo que seja convicente. Mas, pelo menos por enquanto,as fabricantes acreditam que ainda existe espaço no mercado, contanto que custem  bem menos que qualquer SUV de verdade.

LEIA MAIS: Ainda há futuro no Brasil para as versões aventureiras? Saiba detalhes

O sucesso da linha Adventure

 A Fiat fez tanto sucesso com a linha Adventure no Brasil que praticamente toda linha da marca no País tinha alguma versão com apelo aventureiro. O primeiro modelo dessa leva foi a perua Palio Adventure, em 1999. Nessa época, o mercado de SUVs compactos quase não existia. E o modelo acabou sendo bem aceito, um pouco mais alto, com faróis auxiliares no para-choque dianteiro, abas dos para-lamas emborrachadas, barras metálicas na capota, entre outros itens. Foi o início da linha Adventure. Depois vieram outros modelos, como Strada e Doblò, 

Hoje em dia, apenas a picape Strada tem o sobrenome Adventure na linha Fiat produzida em Betim (MG). O carro ainda consta no configurador do site da fabricante, mas a saiu de linha. Aparece com preço sugerido que parte de R$ 61.390. Talvez ainda seja possível encontrar alguma unidade em estoque na rede de concessionários da marca, que vai deixar os SUVs compactos como a Jeep, cujo Renegade vai passar por retoques no desenho em breve e logo terá um modelo abaixo dele para voltar a aumentar o volume e vendas da FCA (Fiat Chrysler Automobiles) no mercado brasileiro.

LEIA MAIS: Fiat Argo 1.3 Drive: uma das versões mais interessantes do hatch

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.