Tamanho do texto

Monovolume será mostrado em outubro próximo, mas deverá chegar ao Brasil apenas em 2021, depois que for lançado no Japão e Europa

Honda FIt da nova geração camuflado
Reprodução/Ferd
Honda Fit da nova geração é visto bem de perto . Modelo terá aspecto um pouco mais esportivo que o atual

Vai chegando perto da apresentação do novo Honda Fit, em outubro, no Salão de Tóquio (Japão) e mais detalhes do carro vão surgindo. Antes de mais nada, o modelo foi flagrado de perto, ainda camuflado, conforme mostram as fotos publicadas na  página do Ferd, no Facebook.

 LEIA MAIS: Honda Fit terá nova versão híbrida, em 2020, que faz 37 km/l, diz a fabricante

O Honda Fit está prestes a completar 18 anos e pelo o que as imagens revelam, as linhas da nova geração vão se manter parecidas com as da atual, lançada em 2015. Uma das diferenças estéticas fica por conta da frente com faróis maiores. Aliás, o carro também deverá aumentar de tamanho, embora ainda não tenham aparecido números exatos das suas dimensões.

Na traseira, as lanternas passarão a ficar na horizontal, o que pode ser confirmado não apenas pelas fotos do carro camuflado, mas também pelas projecões do designer Kleber Silva , que podem ser conferidas abaixo. Pelo visto, a questão do espaço interno, que sempre foi um dos pontos fortes do Fit, será ainda mais valorizada, levando em conta seu aspecto mais largo.

Honda fit camuflado, de traseira
Reprodução/Ferd
Apesar dos disfarces é possível notar que as lanternas estarão na horizontal e o carro deve ficar um pouco mais largo

Finalmente, dessa vez, haverá boas mudanças no conjunto mecânico. A principal novidade é que o Honda Fit será oferecido na versão híbrida, equipada com motor 1.5 e outro elétrico, chegando a 153 cv de potência combinada, o que não é nada mau para o compacto de apelo familiar.

Mais detalhes do novo Honda Fit

Honda, Fit, monovolume
Kleber Silva
As projeções do designer Kleber Silva mostram que o novo Honda Fit terá filetes de LED nas luzes diurnas

 Como a marca japonesa já confirmou que terá três versões híbridas e elétricas no Brasil até 2023, é bem possível que o novo Fit híbrido venha a ser vendido no mercado brasileiro. Além disso, o monovolume deverá ter a muito esperada versão 1.0, turbo, de três cilindros.

LEIA MAIS: Honda Fit EX-L da linha 2019 enfrenta o rival Toyota Yaris XLS. Qual vence?

interior do novo Honda Fit
Reprodução/ Ferd
Imagem do painel do novo Honda Fit deixa à mostra o quadro de instrumentos digital, apesar dos disfarces

No caso do Fit híbrido, segundo testes do governo japonês, o carro pode fazer até 37 km/l de gasolina (sem etanol) com o uso combinado do motor a combustão com o elétrico, levando em conta que no conjunto mecânico o modelo também tem câmbio automatizado de 7 marchas, de dupla embreagem.

 Na parte dos equipamentos, o novo Honda Fit passará a ter itens de segurança como alerta eletrônico de mudança de faixa e controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, que mantém uma distância constante do carro da frente, acelerando e freando automaticamente, caso seja necessário.

LEIA MAIS: Honda começa a produzir o monovolume Fit 2019 em Itirapina (SP)

Por dentro, conforme mostram as imagens do novo Honda Fit disfarçado, o quadro de instrumentos será digital, seguindo o padrão adotado no Civic. O volante terá novo desenho e continuará sendo multifuncional, com alguns comandos nos raios. E a central multimídia ganhará tela de resolução mais alta entre as principais mudanças. 


Traseira do Honda Fit
Kleber Silva
Afora as lanternas maiores que as da atual geração, o Honda Fit terá estilo parecido com o atual