Os SUVs são os grandes responsáveis pelo faturamento da FCA nos últimos anos. Além do Renegade, o Jeep Compass também demonstra fôlego na categoria dos utilitários esportivos médios, vendendo mais que todos os rivais juntos. Para os próximos anos, a marca tem o objetivo de aumentar sua oferta de SUVs no mercado.

LEIA MAIS: Ford prepara novo EcoSport para 2021 em parceria com marca chinesa, diz site

A reportagem do iG Carros lista os 5 fatos que já sabemos sobre o novo SUV da Fiat , que em até dois anos poderá estar na sua garagem. Confira as informações que já foram divulgadas.

1 - Não virá para canibalizar outros modelos

Linha Jeep
Divulgação
Chefe de design garante que clientes não ficarão indecisos entre Renegaede, Compass e o novo SUV da Fiat

Durante a inauguração do novo Centro de Design da América Latina, em Betim (MG), o chefe de projetos da FCA Peter Fassbender contou à nossa reportagem que a marca pretende “proteger os brands já estabelecidos no mercado nacional”. Em outras palavras, assegurar que o novo modelo não prejudique as vendas de Renegade e Compass.

De acordo com o executivo, isso justifica o seu design de SUV-cupê. “Você jamais imaginaria um modelo da Jeep com essa queda na traseira”, disse Fassbender. “Dessa forma, o próximo SUV da Fiat será um produto único”.

2 - Nova família de motores

Fiat Firefly
Divulgação
A família Firefly terá novas versões 1.0 e 1.3, ambas turbinadas com sistema de variação de abertura de válvulas

Em meados de março, foi anunciado um investimento de R$ 500 milhões na fábrica de motores de Betim para a produção de dois novos propulsores. Tratam-se dos novos Firefly 1.0 e 1.3 em versões turbo, que serão feitos a partir do final de 2020 e aparecerão nos primeiros produtos em meados de 2021.

LEIA MAIS: Realidade na Índia, Jeep menor que o Renegade não virá ao Brasil

Foi confirmado que ambos contarão com o sistema de variação da abertura das válvulas de admissão, sistema de injeção direta e comando acionado por corrente. De acordo com o presidente da marca, Antonio Filosa, a nova família de motores será ainda mais durável. Tudo indica que a versão 1.3 turbo estará no Fastback.

3 - Dianteira baseada no futuro facelift Toro

Fiat Fastback
Cauê Lira
Maquete no Centro de Design revela alguns estudos do novo SUV com a dianteira da Fiat Toro

O visual do futuro SUV é motivo de grande discussão na imprensa automotiva. Quando o conceito Fastback foi apresentado no Salão do Automóvel, o visual tinha várias diferenças em relação às maquetes em “clay” mostradas no Centro de Design (com a dianteira da Toro).

Quando sua versão de produção chegar ao mercado em meados de 2021, a Fiat já terá reestilizado a Toro . Portanto, o visual do novo SUV dependerá do que a marca planeja com a picape, que é líder de vendas em sua categoria e deverá ser reestilizada no primeiro trimestre de 2021.

4 - Ele terá irmãos, sem relação direta com a Jeep

Fiat Fastback
Marcos Camargo
Estudos de design mostram que o novo SUV da Fiat terá queda na traseira, no arranjo SUV-cupê

O presidente da FCA na América Latina, Antonio Filosa, já declarou que o conceito Fastback não antecipa apenas um modelo. Ao todo, serão três modelos apenas para a Fiat. Durante a inauguração do Centro de Design, a marca exibiu a imagem acima, indicando que teremos três novos produtos nos próximos anos. A relação entre eles, por outro lado, não é certa.

LEIA MAIS: Segredo! Volkswagen prepara versão do T-Cross com jeito de cupê

5 - Chega em 2021

Fiat Fastback no Salão do Automóvel 2018
Guilherme Menezes/iG
Fiat Fastback no Salão do Automóvel 2018, a primeira aparição do novo conceito ao público

De acordo com o cronograma da FCA , o novo SUV chegará em 2021. A informação foi confirmada por Antonio Filosa durante a abertura da exposição “Na Arte de Mestres Italianos”, na FAAP (SP). Ainda é difícil cravar um mês, pois a FCA terá outros modelos inéditos no mesmo ano, além da reestilização da Toro que deverá ser lançado no primeiro trimestre.

    Veja Também

      Mostrar mais