Ele é o modelo mais popular da Porsche. Além disso, graças ao SUV, a Porsche não se complicou financeiramente
Divulgação
Ele é o modelo mais popular da Porsche. Além disso, graças ao SUV, a Porsche não se complicou financeiramente

Um novo Porsche está a caminho. Não estamos falando de uma nova versão do 911, mas sim um modelo 100% elétrico, que ainda não tem data para estrear.

Atualmente, o único carro elétrico oferecido pela marca de Stuttgart é o Taycan , que receberá companhia do Macan EV , que teve seu lançamento adiado, e só deve ser revelado em 2023.

O novo modelo, que ainda não teve nome revelado, será produzido em Leipzig e irá receber a tecnologia aplicada no conceito “ Mission R ”, um carro de corrida elétrico baseado no Cayman 718.

Mission R pode ter adiantado linhas de um Cayman elétrico. Observamos formas bem arredondadas e agressivas
Divulgação
Mission R pode ter adiantado linhas de um Cayman elétrico. Observamos formas bem arredondadas e agressivas

O conceito revelado em Setembro conta com sistema de 900 volts, que permite recargas de 5 a 80% de bateria em 15 minutos, e é empurrado por dois motores elétricos , um de 435 cv na dianteira e 653 cv nas rodas traseiras, e a energia era fornecida por uma bateria de 80 kWh.

“Estamos visando segmentos com uma margem maior e queremos alcançar novas oportunidades de vendas”. Afirmou o CEO da Porsche, Oliver Blume.

Até o fim da década, a Porsche espera que 80% de suas vendas globais sejam de modelos elétricos. Para isso, o Macan elétrico e o novo SUV são cruciais para a Porsche concorrer em todos os segmentos possíveis de elétricos de luxo.

O Macan elétrico deveria ser lançado este ano, como modelo 2023, mas teve que ser adiado por conta de atrasos no desenvolvimento de software no Grupo Volkswagen, que atrapalhou todas as marcas do conglomerado.

Além do Macan, a nova geração do Cayman também será elétrica. Quem confirma é o próprio Oliver Blume:

“Estamos sendo agressivos com nossos modelos elétricos, até o meio da década queremos oferecer o 718, nosso esportivo de motor central apenas na forma completamente elétrica”. Encerrou o executivo.

Apesar de controverso, oferecer o 718 de forma elétrica pode aumentar as vendas do modelo de entrada da Porsche.

No primeiro semestre do ano, os 718 venderam 9.777 unidades, quase metade das vendas de Taycan, que ficaram na casa de 18.877 unidades, e o campeão de vendas foram os SUV Cayenne e Macan com 41.947 e 38.039 unidades comercializadas respectivamente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários