Nove anos depois de ter sido anunciado, esportivo finalmente sairá da fábrica nos Estados Unidos

Seja fã da Honda  ou não, existe um carro da marca que todos respeitam e consideram o melhor que eles já criaram: o NSX . A segunda geração foi anunciada em dezembro de 2007 e, desde então, vimos incontáveis protótipos, inclusive no Salão do Automóvel de São Paulo em 2012. Depois de muita espera, finalmente a Honda começará a produzir o carro, com a insígnia da Acura , em abril, na fábrica em Marysville (EUA).

A produção será dividida. O complexo em Marysville constrói o carro em si, enquanto outra fábrica, na cidade de Anna, é responsável pelo motor 3.5 V6 biturbo. Segundo a Honda , cada motor leva seis horas para ser montado manualmente. Todo carro será testado assim que estiver pronto, rodando por 240 km, para garantir que está dentro do padrão de qualidade.

Assim como o NSX original, a nova geração possui motor central. A tração traseira foi substituída pelo sistema SH-AWD. O motor a gasolina move as rodas traseiras, enquanto dois motores elétricos trabalham com as rodas dianteiras, mandando torque de acordo com a necessidade (como mostra o vídeo abaixo).

Deveríamos ter o NSX no Brasil. A marca trabalhava para trazê-lo, motivo pelo qual apresentou o protótipo no Salão do Automóvel . Porém, veio a crise e mudou completamente os planos. Com o dólar alto, o preço do esportivo passaria de R$ 1 milhão, inviabilizando sua venda no país. Vamos torcer para que, pelo menos, tragam uma unidade para a edição deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.