Condutor seria punidor com multa, 7 pontos na CNH e retenção do veículo

Lei irá proibir que pessoas embriagadas fiquem ao lado dos motoristas nos carros.
Divulgação
Lei irá proibir que pessoas embriagadas fiquem ao lado dos motoristas nos carros.

Quão perigoso é dirigir com o camarada ao seu lado bêbado, mesmo que você esteja perfeitamente sóbrio? Para o deputado Flávio Augusto da Silva (PSB-SP), muito perigoso. Tanto que ele entrou com o Projeto de Lei 4380/2016 , que irá proibir que o motorista conduza o veículo com alguém bêbado sentado no banco do carona. Embriagado? Só no banco de trás. Se a lei for aprovada, será infração gravíssima, rendendo 7 pontos na CNH e retenção do veículo.

Em sua justificativa, o deputado cita situações em que o passageiro bêbado poderia atrapalhar o motorista, como ao brincar com o volante por não ter consciência do que está fazendo, ou caso comece a passar mal e desvie a atenção do condutor. O parlamentar fala também sobre o estado de euforia da pessoa embriagada, o que poderia leva-la a convencer o motorista a cometer outras infrações, como acima da velocidade máxima ou executar manobras arriscadas.

O deputado lembra que essa lei existe em outros dois países. EUA? Inglaterra? Não... Macedônia e Bósnia-Herzegovina. Até tenta convencer, falando sobre como a lei nos EUA é mais rígida, penalizando o motorista pelo comportamento de alguém embriagado no carro e pelo transporte de bebidas alcóolicas de forma inadequada (= aberta e com os passageiros). O parlamentar só esqueceu que já existe uma proposta de lei similar sobre carregar latas e garrafas de bebidas abertas dentro do carro, que está travada desde 2012, aguardando aprovação da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

Como é apenas uma proposta, o projeto terá que ser analisado e aprovado pelo plenário, para só então modificar o Código de Trânsito Brasileiro e começar a valer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.