SUV passou por reforço estrutural e obteve bom resultado em crash-test. Confira mais detalhes da avaliação do IIHS.

Após receber um reforço na estrutura quando passou pelo facelift, o Hyundai Santa Fe foi bem avaliado no teste de colisão do IIHS.
Divulgação/Insurance Institute for Highway Safety
Após receber um reforço na estrutura quando passou pelo facelift, o Hyundai Santa Fe foi bem avaliado no teste de colisão do IIHS.

Uma reestilização não precisa ser apenas mudança de equipamentos e de visual. O Hyundai Santa Fe havia recebido uma nota média no teste de colisão do Insurance Institute for Highway Safety (IIHS). Quando veio o momento de renovar o SUV para vender por mais uns anos, a fabricante reforçou sua estrutura, o que rendeu a melhor nota possível ao passar novamente pela avaliação da ONG norte-americana.

O teste do IIHS é diferente do que é feito pelo Global NCAP. A avaliação da entidade inclui um crash-test que atinge apenas 25% da frente do veículo do lado do motorista. Quando começaram a fazer esses testes, pegaram todas as marcas de surpresa, já que elas reforçavam a frente do veículo de acordo com o que era avaliado pelas outras instituições – 45% da frente do carro do lado do motorista.

De acordo com o IIHS, o Hyundai Santa Fe renovado corrigiu problemas sérios que apareciam no modelo anterior, como a deformação exagerada da estrutura. O SUV antes das mudanças no desenho deformou de tal forma que a cabeça do boneco de testes mal encostou no airbag, deslizando para o lado esquerdo enquanto a coluna de direção moveu para o lado direito. Essa modalidade de crash-test foi criada exatamente para prever esse tipo de situação.

Com o reforço estrutural, o SUV não teve o mesmo problema. A coluna de direção se manteve estável, de forma que o airbag protegeu o boneco do teste como deve. Assim, o IIHS deu a nota “Good” (Bom) para o veículo, a melhor possível. Obteve a mesma avaliação para os outros testes, de batida frontal, lateral, capotamento e de evitar colisões. Só foi mal na avaliação dos faróis. Embora as lâmpadas opcionais tenham sido consideradas boas, os faróis de série foram criticados, por não oferecer uma visibilidade adequada nas retas, curvas e causar ofuscamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.