Mais eficiente, novo 1.0 equipará os modelos Logan, Sandero e o futuro Kwid. Conheça mais sobre o novo propulsor e saiba os preços de ambos os carros

O novo motor 1.0 tricilindrico, de 82 cv e 10,5 kgfm, estreia no Renault Logan com preços a partir de R$ 46.300.
divulgação/Renault
O novo motor 1.0 tricilindrico, de 82 cv e 10,5 kgfm, estreia no Renault Logan com preços a partir de R$ 46.300.

Uma das grandes novidades da Renault no Salão do Automóvel não chamou a atenção do público como deveria. Isso porque um motor tem muito menos apelo que qualquer outro carro. A nova linha de motores da marca, chamada SCe, estreia no Brasil sob o capô dos Renault Logan e Sandero , já disponíveis em edições especiais no site da fabricante, com preços a partir de R$ 42.200 para o hatch e R$ 46.300 para o sedã.

LEIA MAIS: Renault Sandero e Logan ganham novo visual e mais equipamentos na Europa

A nova família de motores é composta por um 1.0, de três cilindros, e um 1.6 16V de quatro cilindros. Por enquanto, o único disponível é o 1.0, de 82 cv e 10,5 kgfm, com etanol. É bem mais eficiente do que o motor que equipa os Renault Logan e Sandero, com 2 cv e 0,6 kgfm a mais. Segundo a marca, terá boas respostas em baixas rotações, pelo uso de duplo comando variável e outras melhorias. Esperam por um rendimento até 19% melhor do que o antigo 1.0.

Com preços a partir de R$ 42.200, o Renault Sandero também passa a contar com o novo motor 1.0. Está disponível em três versões, que podem custar até R$ 47.100.
divulgação/Renault
Com preços a partir de R$ 42.200, o Renault Sandero também passa a contar com o novo motor 1.0. Está disponível em três versões, que podem custar até R$ 47.100.

O Sandero aparece no configurador no site da Renault nas versões Authentique 1.0 SCe , por R$ 42.400, e ganhou direção eletro-hidráulica de série. O modelo seguinte é o Expression 1.0 SCe , vendida por R$ 44.950 e que adiciona rádio com conexão Bluetooth, volante com ajuste de altura, computador de bordo e função "um toque" para os vidros elétricos dianteiros.

LEIA MAIS:  Renault Clio sai de linha depois de 16 anos

A configuração mais cara disponível é a Sandero Vibe , por R$ 47.100 e vem com rodas de liga leve 15”, central multimídia Media NAV Evolution com tela sensível ao toque de 7” e navegação por GPS, faróis de neblina e retrovisor elétrico. Além disso, tem detalhes exclusivos de design, como iluminação em LED no contorno dos alto-falantes, bancos com costura azul e laranja e detalhes de acabamento em azul claro.

Para o Logan , o novo motor 1.0 está disponível nas versões Authentique 1.0 SCe , vendida por R$ 46.300 e que também recebe direção eletro-hidráulica e o sistema ESM, que aproveita a energia gerada na desaceleração para recarregar a bateria. Quando o carro acelera, o alterador é desplugado, reduzindo o esforço e, assim, economizando combustível. A outra opção é o Expression 1.0 SCe , por R$ 48.200, e que passa a contar com rádio com conexão Bluetooth, volante e banco do motorista com ajuste de altura, computador de bordo e vidros dianteiros com sistema one-touch.

Confira os novos preços de Renault Logan e Sandero com o novo motor 1.0 SCe:

Modelo

Preço

Sandero Authentique 1.0 SCe 

R$ 42.400

Sandero Expression 1.0 SCe

R$ 44.950

Sandero Vibe 1.0 SCe

R$ 47.100

Logan Expression 1.0 SCe

R$ 42.200

R$ Logan Authentique 1.0 SCe

R$ 46.300


LEIA MAIS: Renault Oroch ganha câmbio automático, mas não convence

1.6 em dezembro

Já o motor 1.6 SCe estará disponível em dezembro, com o mesmo esquema que o 1.0, estreando em edições especiais dos Renault Logan e Sandero. A marca divulgou poucos detalhes a respeito. Sabemos que será capaz de gerar 118 cv quando abastecido com etanol – quando for usado no Duster e Duster Oroch , irá desenvolver 120 cv. Além da direção eletro-hidráulica e do ESM, essa motorização terá também o sistema Start-Stop, que desliga e religa o carro automaticamente em paradas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.