John Tojeiro foi o criador do roadster AC Ace, o irmão gêmeo do famoso Shelby Cobra, mas acabou falecendo quase no anonimato

Primeiro Shelby Cobra foi arrematado no leilão RM Auctions, nos Estados Unidos, por US$ 13,75 milhões
Divulgação
Primeiro Shelby Cobra foi arrematado no leilão RM Auctions, nos Estados Unidos, por US$ 13,75 milhões

John Tojeiro foi um engenheiro que mudou a paisagem do automobilismo inglês nos anos 1950 e 1960. Nascido em Estoril, Portugal, “Toj” partiu para Inglaterra ainda bebê, depois que seu pai, português, morreu e sua mãe, inglesa, voltou para a terra natal.

A arte de Tojeiro era construir chassis para carros de corrida. É criação dele uma das primeiras arquiteturas para bólidos com motor central, solução que virou referência em como alcançar melhor tração e dirigibilidade em veículos de competição. Eram invenções feitas para ele mesmo correr, mas seu sonho de se tornar piloto nunca aconteceu: quando acabava um modelo, já havia um comprador à espera, que convencia o criador a adiar seus planos.

LEIA MAIS: Primeiro Shelby Cobra irá a leilão nos Estados Unidos

Tojeiro morreu em 2005, aos 81 anos, sem o devido reconhecimento por aquele que provavelmente foi seu maior feito. Há pouco mais de uma semana, o primeiro Shelby Cobra , chassis número CSX2000, foi arrematado no leilão da RM Auctions por US$ 13,75 milhões. É o carro americano mais caro já vendido.

LEIA MAIS: Mustang Shelby GT-H: acredite, esse é um carro que aluguel

O venerado roadster, que imortalizou o texano Carroll Shelby, era nada mais do que um AC Ace com motor V8 da Ford , ideia genial de Shelby para ser imbatível nas pistas.

E adivinhem quem desenhou o AC Ace.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.